Empate no clássico deixa “Micá” na liderança isolada

8/03/2020 00:50 - Modificado em 8/03/2020 00:50

Mindelense e Académica não foram além de um empate sem golos neste sábado, 07, no jogo grande desta 12ª jornada do Campeonato Regional de Futebol, mantendo-se a “Micá” na liderança isolada da prova.

Num jogo que levou a primeira grande enchente da época ao Estádio Municipal Adérito Sena, oportunidades para desfazer o nulo não faltaram para ambas as equipas que queriam vencer na luta para os seus objetivos que passa claramente por conquistar o título de campeão regional.

Dentro das quatro linhas, durante largos períodos do primeiro tempo a “Micá” mostrou maior superioridade, e foram dos estudantes os lances mais perigosos. O primeiro logo aos 18 minutos por intermédio do melhor marcador da prova, Rambé que isolado rematou forte de pé esquerdo e Toll defendeu com alguma dificuldade. Aos 27 o mesmo jogador voltou a visar a baliza de Toll, desta feita de cabeça, mas a vontade de marcar esbarrou no guarda-redes encarnado.

Com maior pendor atacante da “Micá”, os comandados de Rui Leite tiveram algumas dificuldades de ligação de jogo, e por isso, os avançados encarnados procuravam visar de longe a baliza a guarda de Bruno BH. Nesta sequência, aos 33 minutos, o avançado Ailton ainda de muito longe, viu o guarda-redes adiantado e rematou, tendo Bruno recolhido a bola a dois tempos.

No segundo tempo a “Micá” entrou com a mesma vontade em marcar, mas as pretensões acabaram sempre nas mãos de Toll. Porém aos 61 minutos de jogo, o lateral esquerdo do Mindelense, Guga, de livre lateral rematou cruzado, levando Bruno BH a fazer uma defesa de recurso. Já aos 79 minutos foi o avançado Ailton que teve nos pés um golo feito, mas rematou para mais uma grande intervenção de Bruno BH.

Da parte dos comandados de Carlos Machado, foi Vady que dentro da área, com tudo para marcar, rematou para uma defesa apertada de Toll. Até ao apito final de Cláudio Lopes, a Académica introduziu a bola por duas vezes dentro das redes encarnadas, mas foram prontamente anuladas.

No primeiro lance a equipa de arbitragem entendeu que o golo da “Micá” nasceu de um lance, onde a bola terá saído para além da linha final, isto na sequência da marcação de um pontapé de canto. O outro lance, numa confusão dentro da pequena aérea entendeu que o guarda-redes Toll sofreu falta no início da jogada que acabou com a bola no fundo das suas redes.

Uma igualdade que deixa a Académica no topo da tabela de forma isolada, agora com 23 pontos, mais três do que o Mindelense que soma agora 20 pontos. O Batuque que entra em campo neste domingo, 08, frente ao Farense tem 19 pontos e em caso de vitória poderá aproximar-se da “Micá”.

Ainda este sábado, nota para a derrota dos Falcões do Norte, ante ao Castilho por 1-2. O Castilho foi para os balneários a vencer por 2-0, com dois golos do defesa central, Café, apontados aos 14 e 38 minutos, enquanto Cálu reduziu o score já em cima dos 90 minutos de jogo. O Castilho com esta vitória soma agora 15 pontos e dá um grande passo rumo à manutenção direta.

Por sua vez, os verdes e brancos de Chã de Alecrim com seis pontos e dois jogos por disputar ficaram com pé e meio na segunda divisão. O certo é que a equipa está dependente daquilo que fará este domingo o Salamansa, frente ao Derby no jogo que encerrará a jornada 12. Em caso de uma vitória ou mesmo de um empate no seu jogo o Salamansa atirará diretamente o Falcões de volta para ‘Segundona’.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.