Ministro da Saúde garante que Cabo Verde continua sem casos de infeção pelo COVID-19

6/03/2020 14:46 - Modificado em 6/03/2020 14:46

O ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, garantiu esta sexta-feira, que o  teste realizado ao caso suspeito de infeção por coronavírus, identificado em São Vicente, deu negativo, e reforçou que Cabo Verde continua até este momento sem nenhum caso de infeção por coronavírus.

Em declarações à imprensa nesta manhã, Arlindo do Rosário assegurou, no entanto, que a epidemia do coronavírus constitui uma “ameaça a nível mundial com risco elevado de transmissão”, risco esse que “Cabo Verde não está isento”. Entretanto o ministro garantiu que medidas importantes vêm sendo tomadas pelo Governo para fazer face à epidemia, nomeadamente na locação de recursos financeiros, humanos e materiais.

Nisto, vincou que setenta e sete mil contos foram mobilizados do orçamento dos vários ministérios para a contratação de 100 profissionais de saúde, para reforçar as equipas sanitárias de vigilância aeroportuárias e nos espaços destinados ao isolamento dos doentes nos hospitais e nos centros de saúde.

“Já foi contratualizado, através de ajuste direto, a compra de equipamentos médico-hospitalares para as áreas de cuidados especializados num valor de 38 mil contos. Também já foram adquiridos equipamentos de proteção individual. Foi igualmente intensificado a estratégia de comunicação através dos meios de comunicação social, da produção de folhetos informativos, realização de palestras nas escolas, nas empresas, entre outros” esclareceu.

Com isso frisou, que o ministério conta ter até ao final da segunda semana do mês de março o laboratório nacional de virologia com capacidades para realizar testes ao coronavírus.

O governante avançou que na próxima terça feira será apresentado o Plano Nacional de Contingência para a Prevenção e Controlo do COVID- 19. “Os profissionais de saúde em todas as ilhas, de todas as estruturas de saúde e nos vários níveis de governação estão fortemente empenhados a trabalhar arduamente de modo a reforçar a nossa capacidade de vigilância, deteção precoce e contenção” concluiu.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.