José Carlos da Luz: “São Vicente pode assegurar as condições mínimas de proteção civil”

2/03/2020 01:33 - Modificado em 2/03/2020 01:33

O vereador da Fiscalização da Câmara Municipal de São Vicente, José Carlos da Luz, garante que a ilha pode assegurar as condições mínimas de proteção civil, onde já se tem uma cartografia de perigosidade e dos riscos mais inerentes.

José Carlos da Luz, refere que em São Vicente um dos problemas maiores relacionados com a proteção civil tem a ver com incêndios urbanos, mas que o serviço está preparado com três viaturas de intervenção e de combate a incêndios.

Outro perigo, como avança o responsável pelo pelouro da fiscalização, prende-se com as habitações construídas nas encostas pois, segundo o mesmo, estas estão expostas a situações de deslizamento de terra caso houver alguma chuva de característica torrencial. “Ainda bem e por sorte que aqui em São Vicente e Cabo Verde no geral não tem tido chuvas torrenciais, que poderiam causar o desabamento e o deslizamento de terra” salienta o vereador, citado pela Rádio Pública.

Como explica o vereador, em São Vicente a população tem tido um papel importante na proteção civil, referindo que têm colaborado e que neste sentido os serviços de bombeiros tem ajudado, indo aos bairros e às escolas em ações de sensibilização no sentido de terem em conta estes riscos na altura de construção e evitar que façam construções nos leitos das ribeiras e também nas encostas, para evitar possíveis riscos, ou acidentes de desabamento.

“Vamos continuar com o trabalho de sensibilização e apelar às pessoas neste sentido, para não construírem casas nas encostas e evitar construir nas linhas de água e também para construir somente em zonas onde a câmara municipal tem plano detalhado para tal efeito. As pessoas continuam a insistir em fazer construções clandestinas sem necessidade, pois a Câmara tem um serviço de atribuição de lotes de terreno todas as quartas-feiras. É melhor deslocarem-se à Câmara Municipal informarem-se, antes de fazer estas construções clandestinas sem as mínimas condições de acesso e de habitabilidade” afirma o vereador.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.