“Francis” lança álbum de rap “Olhar Real

20/02/2020 01:35 - Modificado em 20/02/2020 01:35

O rapper natural da ilha de São Vicente lançou no passado dia 15 de Fevereiro, nas plataformas digitais, o seu primeiro álbum, com 15 faixas musicais denominado “Olhar Real”.

“Olhar Real” é um nome emblemático, tanto para o período em que vivemos como sociedade quanto para as nossas questões interiores, sempre tão afetadas pela vida moderna, e conforme o rapper, não só relaciona com a realidade de Cabo Verde mas também relaciona com a vida humana do modo geral. “Qualquer indivíduo pode sentir identificado com alguma das músicas do álbum”.

Em entrevista ao Noticias do Norte, o rapper de 21 anos que usa o nome artístico “Françis” explica que a ideia de fazer este trabalho surgiu do simples facto de estar o tempo todo concentrado a observar a realidade das coisas ao seu redor.

“Desde o ano de 2015 que comecei a me interessar em participar do mundo do rap”, conta o cantor que diz que aos poucos foi gravando as suas músicas e deixando-as guardadas.

Em vez de começar, como a maioria dos rappers, a disponibilizar as suas músicas single a single, preferiu inverter e seguir formato de álbum. “No início eu queria lançar um Ep mas depois vi que tinha a capacidade fazer uma mixtape. Depois de alguns anos estudando, pensei: a maioria dos rappers começam as suas carreiras lançando singles e porque não começar com um álbum…”. Daí ficou a ideia fixa de lançar um álbum chamado “Olhar Real”.

Questionado sobre esta preferência de álbum ou single, “Francis” diz que lançar um álbum requer trabalho e esforço, entretanto prefere ambas. Isso porque acredita que cada single representa uma história e um álbum ou EP ou mixtape representa um livro com páginas.

No mundo da música desde de criança, Francis diz que todas as músicas do seu trabalho musical são críticas universais, de querer mostrar algo que “passa despercebido nas linhas da vida”.

“O Rap fez e faz parte da minha vida porque é um movimento em que podemos expressar o que nós sentimos. Na minha forma de cantar não tenho estilos, apenas navego no ritmo da música”, reitera este jovem artista que, entretanto afirma que o estilo da música que sempre o inspirou a cantar é a morna.

Nesta sendo musical, com o propósito de se expressar, mostra ainda na sua alma jovem, consegue mostrar nas suas letras, que a cada passo nesta vida é uma evolução histórica aqui em Cabo Verde, porque a cada época que passa “nós os rappers, artistas estamos a desenvolver capacidades críticas” de forma a mostrar a realidade da “nossa vida em vez de nos preocupar com coisas insignificantes”.

Em termos de vida social Leonardo Francês define-se como “um simples sobrevivente que luta para uma vida digna e melhor, professor de basquetebol na Escola Salesiana de Artes e Ofícios”.

Escritor, compositor e poeta e também gosta de praticar desportos radicais, como por exemplo downhill.

Elvis Carvalho

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.