ICIEG diz que o carnaval deve ser usado também para passar mensagens de cultura à tolerância

19/02/2020 02:07 - Modificado em 19/02/2020 02:07
| Comentários fechados em ICIEG diz que o carnaval deve ser usado também para passar mensagens de cultura à tolerância
Foto: Inforpress

A presidente do Instituto Cabo-verdiano para Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), acredita que o carnaval é dos momentos propícios para a divulgação de mensagens que favoreçam a tolerância.

Rosana Almeida diz que em todos as actividades de massa as mensagens têm que ser passadas e a cultura de tolerância deve ser passada. “Em todos as actividades culturais, a palavra-chave deve ser a cultura da tolerância e que a sociedade seja fiscalizadora”, diz a presidente do ICEG que a propósito da campanha nacional de sensibilização “Denuncie VBG” lançada pelo ICIEG, para levar as pessoas a quebrarem o silêncio que ainda existe em redor da Violência Baseada no Género (VBG).

Para esta responsável, Cabo Verde só conseguirá driblar alguns males sociais se todos levarem em conta que em actividades de massa há mensagens que obrigatoriamente têm que ser passadas.

Por iniciativa própria, o ICIEG acaba de lançar a campanha “Denuncie VBG” utilizando como veículo de comunicação os autocarros, meios que percorrerem todos os bairros periféricos, diz Rosana Almeida, presidente do ICIEG.

A primeira fase desta campanha incide sobre as ilhas mais preocupantes no que se refere ao número de casos de VBG.

Recorde-se que a presidente da ICIEG denunciou que São Vicente é a ilha onde as mulheres grávidas sofrem mais Violência Baseada no Género durante a gravidez e é preciso atacar o problema.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.