O Programa Indicativo de Cooperação (PIC) entre Cabo Verde e o Luxemburgo aumenta de 45 milhões para cerca de 60 milhões Euros

18/02/2020 00:50 - Modificado em 18/02/2020 00:50

O Programa Indicativo de Cooperação (PIC) entre Cabo Verde e o Luxemburgo para o período 2021–2024 vai passar dos actuais 45 milhões para cerca de 60 milhões de euros, sofrendo um aumento de mais de 30 por cento.

Foto: Inforpress

A ser assinado entre junho e julho deste ano, no Luxemburgo, a água, o saneamento, as energias renováveis e a luta contra a pobreza continuam a ser os eixos estratégicos da cooperação luxemburguesa. Entretanto, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, citado pela Inforpress, adiantou que o trabalho vai continuar no sentido de identificar novas áreas de cooperação.

“Queremos identificar novas áreas. Estamos no exercício de troca de ideias para podermos ver quais são as novas áreas que vamos introduzir no novo PIC, mas já temos uma ideia mais ou menos do volume financeiro que vai ser de aproximadamente 60 milhões de euros”, disse

Luís Filipe Tavares salientou que há um clima de confiança “muito grande” entre o Luxemburgo e Cabo Verde, frisando que a cooperação entre os dois países atingiu o “patamar de excelência”.

“Nós agora estamos a inaugurar uma nova fase na cooperação entre os nossos dois países. Vamos passar de um envelope financeiro de 45 milhões para 60 milhões de euros em sectores muito importantes para o desenvolvimento do país”, sustentou.

Da parte luxemburguesa, o ministro da Cooperação e Acção Humanitária, Frantz Fayot, salientou que Cabo Verde é um parceiro estratégico para o seu país e fez uma avaliação satisfatória da execução dos projectos financiados pela cooperação luxemburguesa.

A delegação que integra também a ministra do Ambiente, Clima e Desenvolvimento Sustentável, Carole Dieschibourg, e o ministro de Energia e ministro do Ordenamento do Território, Claude Turmes, já visitou as ilhas de São Vicente e Santo Antão e nesta terça-feira visita o Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI), na cidade da Praia.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.