ONU.Cerca de 500 mil pessoas passam fome no Lesoto por escassez de comida

18/02/2020 00:18 - Modificado em 18/02/2020 00:18
| Comentários fechados em ONU.Cerca de 500 mil pessoas passam fome no Lesoto por escassez de comida

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que cerca de 500 mil pessoas estejam a passar fome no Lesoto, país da África Austral, devido a problemas climáticos, e apela por ajuda internacional.

As chuvas irregulares deste ano e a seca do ano passado contribuíram para más colheitas, que deixaram grande parte da população rural sem comida, disse o coordenador local da ONU, Salvator Niyonzima.

A União Europeia anunciou hoje que vai ajudar o país com 1,5 milhões de euros, mas é preciso mais.

Estima-se que sejam necessários 68 milhões de euros para se obter comida suficiente para o país.

Estes dados foram avançados o ano passado pelo Governo do país quando foi declarado estado de emergência, devido à de falta de alimentos.

No Lesoto, tal como em outras partes da África Austral, choveu menos do que o normal que seria de esperar na estação chuvosa de 2018-19, devido à seca induzida pelo fenómeno El Niño.

O coordenador local da ONU afirmou que a época de colheitas deste ano não deve melhorar a situação de crise alimentar, uma vez que as chuvas começaram tarde e muitos agricultores não chegaram sequer a plantar culturas.

As mulheres e as jovens foram as mais atingidas pela escassez de alimentos e estarão mais vulneráveis a abusos sexuais e à exploração sexual devido à escassez de alimentos, de acordo com o relatório da ONU.

Por Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.