Tribunal da Comarca de São Vicente aplica prisão preventiva a dois assaltantes

17/02/2020 15:46 - Modificado em 17/02/2020 15:46

Os dois indivíduos do sexo masculino, das localidades de Espia e Cruz João Évora, são acusados de vários crimes de assaltos a estabelecimentos comerciais e roubo com violência sobre pessoas e coisas. A Polícia Nacional, no entanto, já recuperou a maior parte dos objetos roubados.

Estes foram detidos pela Polícia Judiciária, na sexta-feira, 14, fora de flagrante delito, suspeitos de no passado dia 10 de fevereiro terem usado da violência para arrombarem a porta da garagem de um estabelecimento comercial na zona de Monte Sossego e de lá terem subtraído vários objetos e artigos de venda, avaliados em mais de cem mil escudos.

Ainda conforme a PJ, na madrugada do dia 10, um dos suspeitos terá usado o mesmo modo de atuação para assaltar um outro estabelecimento comercial, desta vez  no centro da cidade do Mindelo, de onde conseguiu levar um televisor, um equipamento de som, garrafas de bebidas diversas e o fundo caixa no valor de cinco mil escudos.

O mesmo indivíduo em causa é suspeito de no dia 8 de fevereiro, na localidade de Ribeirinha, ter assaltado uma cidadã recorrendo à violência, para lhe subtrair objetos pessoais e uma quantia em dinheiro que esta carregava consigo.

De acordo com a PJ, a maioria dos objetos roubados já foram recuperados pela Polícia Nacional, em cumprimento de um mandado de Busca e Apreensão.

Os detidos foram presentes, no sábado, 15, ao Tribunal da Comarca de São Vicente que lhes aplicou a prisão preventiva como medida de coação.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.