City afastado da Champions: Há mais dois ‘tubarões’ na mira da UEFA

14/02/2020 20:07 - Modificado em 14/02/2020 20:07

Paris Saint-Germain e Inter de Milão podem ter razões para começar a tremer.

O todo poderoso Manchester City foi condenado pela UEFA a dois anos de ausência da Liga dos Campeões e a uma multa de 30 milhões de euros, por incumprimento das regras do fair-play financeiro.

A UEFA investigou os emails internos dos citizens que foram publicados pelo meio de comunicação alemão Der Spiegel, no mês de janeiro, que indicavam o alcance dos planos do clube para, alegadamente, encobrir a real fonte de rendimentos, numa tentativa de cumprir com os regulamentos do Fair Play Financeiro , assim o indicava a agência AP de Londres desde dezembro de 2019.

A equipa do Manchester City transformou-se numa potência futebolística desde o momento em que foi comprada pelo xeique Mansour bin Zayed Al Nahyan, vice primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos e membro da família real de Abu Dhabi, que ganhou a Premier League três vezes desde 2012. Todavia, independentemente da riqueza que tenham os clubes, a UEFA limitou o gasto no que diz respeito à compra de jogadores. 

Todavia, o Manchester City é o primeiro caso de outros que podem estar quase a ‘estalar’. A UEFA tem sob ponto de mira outros dois ‘tubarões’: Paris Saint-Germain e Inter de Milão. Ambos estão no limite do incumprimento das regras do fair-play financeiro e o organismo europeu  já provou que não terá mão leve para afastar quem mais dinheiro tem da maior prova de clubes a nível continental.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.