Falcões do Norte lamenta morte do treinador Dani Abreu

14/02/2020 17:11 - Modificado em 14/02/2020 17:15

A formação do Falcões do Norte lamenta a morte do treinador dos escalões de formação da equipa de Chã de Alecrim, ocorrida na sequência de um trágico acidente de viação ocorrido na noite de ontem em Santo Antão.

Através das redes sociais a formação verde e branca, vincou que foi com “profunda tristeza” que tiveram o conhecimento da morte do seu treinador Dani Abreu. “Neste momento tão difícil, não existem palavras que possam expressar a dor que estamos passando. Aos familiares desejamos muita força para conseguirem suportar esta trágica perda e a todos formulamos os nossos sentimentos” lê-se na publicação da equipa sediada em Chã de Alecrim.

Para já, segundo informações recolhidas, o clube pondera pedir, esta sexta-feira, o adiamento do jogo com o Salamansa, calendarizado para domingo dia 16. Por parte da Associação Regional sabe-se que esta decidiu prestar um minuto de silencio em todas as partidas desta 10ª jornada do Regional de Futebol da 1ª Divisão e nos jogos da 6ª jornada da ‘Segundona’.

O Batuque FC também já veio se solidarizar com o Falcões do Norte, pela perda do antigo guarda-redes da equipa de Alto Miramar e que fez parte da primeira equipa federada do clube. “Dani Abreu foi nosso guarda-redes e atualmente desempenhava as funções de treinador adjunto do clube Falcões do Norte, com quem nos solidarizamos pela perda irreparável, assim como os outros clubes por onde passou como atleta, nomeadamente o Mindelense” escreve o clube de Alto Miramar.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.