Jovens mindelenses consciencializados com riscos do uso descuidado da internet

11/02/2020 15:34 - Modificado em 11/02/2020 15:34
| Comentários fechados em Jovens mindelenses consciencializados com riscos do uso descuidado da internet

Nesta terça-feira, 11, é celebrado o Dia da Internet Segura, efeméride estabelecida pela Rede Insafe como medida para gerar mais consciência sobre a privacidade e ciber segurança, uma data que é reconhecida em mais de 140 países. Em Cabo Verde esta ocasião não passa despercebida e, em Mindelo, São Vicente, alguns jovens abordados pelo NN dizem-se hoje em dia mais consciencializados em torno do uso seguro, ético e responsável das novas tecnologias de informação e comunicação.

No dia-a-dia, em meio a tantas exposições online e serviços digitais que se utiliza e se oferece, os jovens estão mais expostos aos perigos da internet. Usada de forma incorreta, a internet poderá revelar-se, segundo os nossos entrevistados, como um “vulcão pronto a entrar em erupção”.

De entre os entrevistados falamos com uma vítima de situações do género, em que após o fim do relacionamento, fotos íntimas dela foram expostas nas redes sociais. Um cenário que provocou vários danos na vida desta jovem de 25 anos que não quis se identificar.

“A nossa relação era boa, mas só que meses depois o relacionamento termina e aquilo que era íntimo acabou publicado para quem quisesse ver. O caso é mais comum do que se imagina e grave o suficiente e que me causou constrangimentos pelo resto da vida” diz esta jovem que no entanto ressalva que não existe maneira segura de compartilhar coisas íntimas pela internet.

“A partir do momento em que enviamos aquele conteúdo, mesmo que por e-mail, Messenger ou outros aplicativos, perdemos definitivamente o controle sobre o material” aclara a nossa fonte, frisando que se deve ter muita atenção em enviar fotos do tipo, mesmo para quem mais se confia.

Por outro lado, alguns jovens que tiveram conteúdos expostos nas redes sociais, como publicações menos razoáveis, asseguram que por esse motivo viram negados contratos de trabalhado.

“Muitas empresas antes de contratarem alguém fazem uma grande prospeção nas tuas redes sociais para conferirem o teu perfil social. Nisto tenho muita atenção quando vou para uma festa, porque posso ser apanhado desprevenido e a foto com um aspecto menos boa de ti, acaba por ser publicada principalmente no Facebook. Poderá ser o fim se tiveres em alguma candidatura de emprego, pois uma imagem pode ser mal interpretada” explica o jovem Carlos Fortes.

Já para Mónica Sousa, o que poderá ser uma brincadeira inocente entre amigas pode virar motivo para uma avaliação negativa no futuro. “Costumava tirar fotos com as minhas amigas exibindo o corpo em poses sensuais, para colocar nas redes sociais, mas vi que poderiam ser mal interpretadas” realça esta jovem que alerta os jovens a terem muito cuidado no uso das redes sociais, pois o que para eles pode não passar de uma simples brincadeira, poderá servir para lhes prejudicar no futuro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.