Rodrigo Fonseca um jovem avançado possante e com faro de golo

4/02/2020 02:01 - Modificado em 4/02/2020 02:01

O jovem avançado do Sinagoga Futebol Clube, Rodrigo Fonseca, de 18 anos tem sido um dos destaques desta equipa da zona piscatória de Ribeira Grande de Santo Antão, no Campeonato Regional de Futebol Norte, onde tem contribuído e de que maneira para o segundo lugar que a equipa ocupa neste momento na tabela classificativa.

Hoje com 1, 83 metros este jogador conta que teve os seus primeiros contactos com a bola aos 7 anos de idade no campo pelado da sua localidade, tendo mais tarde ingressado, já com 15 anos na equipa do Rosariense, clube onde disputou o campeonato regional de sub-17, tendo apontado 3 golos.

Recentemente e com 17 anos o jogador ingressou na Escolinha de Futebol do Tarrafal, onde mostrou toda a sua veia goleadora ao apontar 12 golos, que lhe valeram o título de melhor marcador do campeonato regional de sub-17.

Depois de uma época ainda no escalão júnior, o jogador mereceu a confiança da direcção do clube de Sinagoga que, de regresso à primeira divisão, recrutou os seus préstimos para atacar esta época desportiva, que tem como objetivo a fuga à descida de divisão.

Ora, com o início do Campeonato Regional, pese embora o jogador tenha iniciado no banco de suplentes, neste momento está de pedra e cal nesta formação, que ocupa um inédito segundo lugar, estando à frente, neste momento, de equipas como Rosariense, Solpontense e Foguetões crónicos candidatos ao título na região norte de Santo Antão. Pelo que está somente atrás do então campeão em título o Santo Crucifixo, líder isolado da prova.

Para Rodrigo, que já leva três golos apontados nas competições disputadas, o último este fim-de-semana frente ao Rosariense no empate a um golo, encara a sua presença no onze como um prémio por todo o trabalho que tem desenvolvido ao longo desta época. “Encaro esta oportunidade com muita seriedade, porque sinto que estou a fazer bem as coisas dentro do campo” assegura o atleta apontando ainda o suporte que tem recebido dos jogadores mais experientes da equipa.

“Sinto-me cada vez mais confiante, porque a equipa técnica e os meus companheiros têm acreditado em mim e sempre me têm dado o suporte necessário a cada treino, para chegar forte nos jogos. Por isso quero sempre ajudar a equipa” salienta.

Apesar da sua juventude o jogador, quer mais esta época e apesar da equipa de Sinagoga não ter muitos recursos financeiros para atacar o título em igualdade com os demais concorrentes, olha com pujança para o que falta disputar nesta época que já vai com sete jogos disputados.

“O meu objetivo é conseguir marcar o máximo de golos possível e fazer assistências de modo a ajudar a nossa equipa que não tem muitos meios financeiros. Mas somos uma equipa com grande garra e quero ser um dos melhores do campeonato e ajudar naquilo que for possível dentro do campo” enaltece o jogador que tem despertado muitas atenções no estádio municipal João Serra em Ponta do Sol, pelos atributos que coloca em campo.

Com olhos no futuro e expectante quanto a uma possível mudança para o exterior, Rodrigo vinca que o objetivo é continuar a trabalhar com mais força, pois quer ajudar a sua família caso vier a se tornar num jogador profissional, que é um dos seus sonhos.

Outro dos sonhos deste jovem atleta é vestir o manto sagrado da nossa seleção, apontando que o maior orgulho de um jogador de futebol é o de representar o seu país em grandes palcos. 

  1. Feliciano do Rosario

    Inédito segundo lugar? Como assim? Sinagoga foi campeão na época 2015/16.
    Quantas vezes a equipa de Sinagoga esteve nos postos cimeiros do regional.?É só ir as estatisticas e conferir.Estar no segundo no lugar no regional não é nada de inédito para o SFC que só não foi campeão na sua primeira aparição no relvado João Serra porque um arbitro assim não quis.
    Tenho dito.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.