Liga Cabo-verdiana Contra o Cancro com campanha nacional

4/02/2020 00:49 - Modificado em 4/02/2020 00:49
| Comentários fechados em Liga Cabo-verdiana Contra o Cancro com campanha nacional

A Liga Cabo-verdiana, junta-se à campanha “Eu sou e Eu Vou”, lançado pela União Internacional do Controle do Cancro,  UCC, em 2019.

A presidente da Liga, diz que a campanha é um desafio para que todos se juntem à causa e que arranca esta terça-feira, 4 Fevereiro, Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, uma das principais causas de mortalidade no mundo.

Todos os anos, no dia 4 de Fevereiro, o mundo se une na luta contra a epidemia global do câncer. A doença é a segunda maior causa de morte no mundo e em 2018, matou cerca de 9,6 milhões de pessoas.

O Dia Mundial do Cancro é uma campanha pensada para inspirar mudança e mobilizar ação, mesmo depois do dia 4 de fevereiro.

Sobre a campanha lançada o ano passado e que terá a duração de três anos, Conceição, Pinto, diz que o país se junta à iniciativa, porque é uma chamada à acção, ao reforço e a um compromisso pessoal para ajudar a reduzir o impacto da doença. “É uma campanha que permite a criação de impacto duradouro, ampliando a exposição do público à mensagem e o seu envolvimento, quer na difusão da mensagem, quer na mudança de comportamento”.

Conceição Pinto conta que uma das lacunas, num país como Cabo Verde, com as características próprias, “é as pessoas terem poucas informações sobre o cancro, os factores de risco e sobre os sinais de alerta do cancro.

“Nos países desenvolvidos, continuam a ter aumento de incidência de casos e a controlar a doença, diminuindo o número de óbitos e também um maior número de pessoas curadas, enquanto nos países com poucos recursos, a tendência é o aumento do número de óbitos e de casos diagnosticados tardiamente, o que não dá possibilidades”, explica.

Portanto, a partir de hoje, arranca em São Vicente a campanha nacional, com uma actividade de informações e educação da população sobre o cancro. E no dia, 06 a liga viaja para São Nicolau, para uma actividade sobre o cancro do colo do útero.

Dia Mundial do Cancro, este ano, sob o lema “Eu sou e Eu vou”. O ano 2020 marca o ponto intermediário da campanha “Eu sou e Eu vou” de três anos (2019 -2021). “Eu sou e eu vou” é um apelo à ação empoderadora que exige compromisso pessoal e representa o poder das ações individuais tomadas agora para impactar o futuro. A mensagem principal é – seja você quem for, suas ações – grandes e pequenas – farão uma mudança positiva e duradoura na luta contra o cancro.

Neste âmbito, o Instituto Nacional de Saúde Pública, realiza em conjunto com os seus parceiros, uma Mesa Redonda sob o lema “Cancro seus fatores de Risco e Prevenção”, na Cidade da Praia, com o objetivo de promover uma reflexão sobre esta doença que é considerado um problema de saúde pública.

A cerimonia de abertura será presidida pelo Diretor Nacional Saúde, Artur Correia.

O Dia Mundial do Cancro foi instituído a 4 de fevereiro de 2000, no âmbito do World Summit Against Cancer for the New Millenium em Paris. Desde então, comemora-se anualmente, por iniciativa da UICC – União Internacional de Controlo do Cancro, tendo como principal objetivo sensibilizar a população e mobilizá-la na luta contra o cancro.

O Dia Mundial do Cancro é uma iniciativa da UICC (União Internacional de Controlo do Cancro), a maior e mais antiga organização internacional que se dedica a combater o cancro. Sendo uma rede de cooperação internacional, a UICC é composta por diferentes membros e organizações, tendo representatividade e possibilidade de contribuir em discussões e encontros ao mais alto nível direcionados para políticas de saúde na área da oncologia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.