Consumo de erva-doce não cura Coronavírus

31/01/2020 00:00 - Modificado em 31/01/2020 00:00
| Comentários fechados em Consumo de erva-doce não cura Coronavírus

A Delegacia de Saúde de São Vicente garante que o chá de erva-doce, cujas mensagens circulam nas redes sociais como provável cura para o coronavírus (vírus que causa doenças respiratórias), com origem na China e que se alastra pelo mundo, e que já fez disparar vendas no Mercado Municipal e noutros locais é falsa.

A mensagem, que tem como intuito passar informações de como se prevenir e tratar as infecções é falsa e que não existe nada comprovado cientificamente sobre isso, explica a médica da Delegacia de Saúde de São Vicente, Eliana Soares, que garante que as entidades de saúde, estão em correspondência com o Ministério da Saúde e estes por sua vez, estão em contacto com a Organização Mundial de Saúde.

Sobre o vírus, a garantia é que não chegou no país e espera que não chegue e caso haja alguma informação veiculada, alerta as pessoas a seguirem apenas as recomendações do Ministério de Saúde ou da OMS.

Sobre o vírus, a entidade de saúde da ilha, diz que ainda há muitas informações sobre o vírus que não se sabe e que está a ser estudado e caso venham a existir algum alerta, esta será repassada para a população.

Segundo as últimas informações oficiais mais de 212 pessoas já morreram em decorrência do coronavírus.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.