Equilíbrio marca primeira volta do Campeonato Regional de Futebol

27/01/2020 23:43 - Modificado em 27/01/2020 23:43
| Comentários fechados em Equilíbrio marca primeira volta do Campeonato Regional de Futebol

O Campeonato Regional de Futebol em São Vicente, conheceu este fim-de-semana o término da 1ª volta, onde cinco equipas estão separadas por apenas dois pontos, com destaques para o Salamansa e o Castilho.

Numa primeira volta que teve muitas mudanças no primeiro lugar, o Clube Sportivo Mindelense, penta campeão regional, que nunca esteve no primeiro posto, conseguiu dobrar a competição na liderança isolada da prova, com 13 pontos. Para muitos adeptos do trata-se apenas do ADN de um clube talhado para vencer. Com 3 vitórias e 4 empates, os comandados de Rui Leite asseguram a liderança e com estatuto de ser a única equipa invicta na prova.

Por outro lado, quem olha para o cimo da tabela classificativa, sobressai logo às presenças do Salamansa e do Castilho, equipas que normalmente lutam pela manutenção, mas que estão a ser verdadeiras sensações neste regional. Olhando para o que têm produzido dentro do relvado do Municipal Adérito Sena, estas duas formações comandadas por Baessa (Salamansa) e Kiky Medina (Castilho) fazem por merecer a classificação neste momento.

Prova disso é que estas duas formações já conseguiram roubar pontos a quase todos os “gigantes”. O Salamansa, por exemplo, já roubou pontos ao Mindelense (0-0) e venceu o Derby e o Batuque FC todos pelo mesmo resultado de 1-0. Isto para além de ter o melhor ataque da prova com 11 golos apontados. A equipa da zona piscatória recorde-se soma 12 pontos, fruto de 3 vitórias e 3 empates. 

Já o Castilho, comandado pelo jovem treinador Kiky Medina, nos embates com os grandes já venceu o Derby (1-2) e empatou com a Académica (1-1). Com 11 pontos somados até então, os castilhianos já venceram três partidas, empataram e perderam por duas ocasiões respectivamente.

Noutras frentes, surpresas também no que toca a lista dos melhores marcadores, onde os dois melhores marcadores pertencem ao Castilho e Salamansa. Spidim (Castilho) com seis golos é até ao momento o artilheiro maior da competição, seguido por Djudjim do Salamansa que já festejou por cinco vezes.

Sem outras surpresas de maior, nos primeiros lugares estão ainda a Académica e o Batuque, que ocupam a 3ª e 4ª posição respectivamente com os mesmos 12 pontos que o Salamansa. Duas equipas já acostumadas a estarem no cimo da tabela classificativa, apesar de nos últimos anos não terem festejado o tão desejado título de campeão regional.

Se Salamansa e Castilho são os destaques pela positiva, mais abaixo na tabela classificativa cabe ao Farense e o Derby serem as surpresas pela negativa. O Farense que deslumbrou os amantes do futebol sanvicentino na época passada, com um futebol alegre e de ataque, que resultou no segundo lugar no regional, este ano está muitos furos abaixo do esperado. Quatro derrotas, duas vitórias, quatro golos marcados e treze sofridos forçaram a saída de Bassana do comando técnico, onde esteve nos últimos nove anos. Uma situação difícil que ficou agonizada nesta última jornada com mais uma derrota, desta feita, ante ao CS Mindelense por 1-3.

No caso concreto do Derby, a vitória conseguida neste fim-de-semana frente ao Falcões por 2-1, quebrou um enguiço que já vinha durando a mais de 15 jogos consecutivos, o que poderá significar um virar de página. O certo é que ao fim de sete jornadas, os Dragões somam um registo pobre de apenas uma vitória e dois empates, sendo que já sentiram o gosto amargo da derrota por quatro ocasiões.

Concluído a primeira volta do regional, foram marcados 57 golos nos 28 jogos já disputados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.