Ouro atinge máximos desde 2013 devido à propagação do coronavírus

27/01/2020 13:14 - Modificado em 27/01/2020 13:14

A cotação da onça de ouro registou hoje novos máximos desde 10 de abril de 2013 ao atingir 1.585,73 dólares, refere a Efe.

Cerca das 13h00 (12h00 em Lisboa), a onça de ouro estava a subir 0,87% face ao encerramento na sexta-feira, quando estava nos 1.572,03 dólares.

Analistas citados pela Efe recordam que a cotação do ouro, considerado um valor de refúgio para os investidores, está hoje a ser condicionado pela incerteza gerada pela propagação do coronavírus e as consequências que esta pode ter a nível sanitário e económico.

Esta incerteza está a provocar fortes perdas nos mercados mundiais, estando Frankfurt e Londres a recuar mais de 2%.

A China elevou hoje para 80 mortos e mais de 2.700 infetados o balanço do novo coronavírus detetado no final do ano em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

Além do território continental da China, também foram reportados casos de infeção em Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, França, Austrália e Canadá.

As autoridades chinesas admitiram que a capacidade de propagação do vírus se reforçou.

O Governo decidiu prolongar o período de férias do Ano Novo Lunar, que deveria terminar na quinta-feira, para tentar limitar a movimentação da população.

Por Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.