Estudantes cabo-verdianos em Wuhan na China estão “aflitos” e sentem-se abandonados

27/01/2020 00:36 - Modificado em 27/01/2020 00:36
| Comentários fechados em Estudantes cabo-verdianos em Wuhan na China estão “aflitos” e sentem-se abandonados

A aflição dos estudantes cabo-verdianos em Wuhan, foi expressada através de uma carta dirigida à embaixadora de Cabo Verde na China, Tânia Romualdo, onde os estudantes apelam a um plano de evacuação e dizem-se aflitos, com sentimento de abandono por parte das autoridades cabo-verdianas.

As informações são avançadas pelo jornal ANação que dá conta que são cerca de 13 estudantes cabo-verdianos que estão em Wuhan, na China, onde se concentra precisamente o foco do Coronavírus, que já matou 56 pessoas.

“Nós estudantes Cabo-verdianos residentes em Wuhan, China, centro da epidemia do Coronavírus (2019-nCov), preocupados com a situação crítica que se vive nesta cidade, gostaríamos de saber qual o plano de emergência elaborado pela Embaixada para apoiar os estudantes cabo-verdianos residentes em Wuhan” lê-se na carta datada de 26 de Janeiro.

Estes estudantes avançam nesta missiva que a situação poderá agravar-se nos próximos dias, pois a “cidade já conta com escassez de materiais de prevenção como máscaras, luvas, desinfetantes entre outros”.

“Mesmo seguindo as medidas de precaução e isolamento sugeridas pelas autoridades, determinadas ações como deslocar-se a estabelecimentos com o intuito de adquirir bens básicos essenciais são inevitáveis; há um assustador aumento diário de novos casos e que os hospitais pertencentes às universidades estão também cheios, recusando-se por vezes a tratar novos pacientes” escrevem.

Nisto e com o não existir neste momento medicamentos para sua contenção, estes asseguram que outras embaixadas como por exemplo dos Estados Unidos da América, França, Austrália, Portugal, Sri Lanka, já tomaram a iniciativa de evacuar os seus cidadãos para outras cidades, pelo que estes aguardam por um plano de evacuação “cientes de que este tema deverá ser tratado com maior urgência possível”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.