Família de Pedra Rolada alerta para falsos promotores de campanhas de solidariedade

22/01/2020 00:50 - Modificado em 22/01/2020 00:50
| Comentários fechados em Família de Pedra Rolada alerta para falsos promotores de campanhas de solidariedade

O casal que sofreu queimaduras no incêndio na sua residência na madrugada de 01 de Janeiro em Pedra Rolada, em que morreram três crianças, já teve alta hospitalar. Neste momento, ainda a travessar o período de luto e a tentarem reerguer a sua vida, manifestam o seu desagrado perante os falsos promotores de campanhas de solidariedade, que segundos os mesmos têm colocado o nome da família em causa.

Depois de receberem alta hospitalar na semana passada, a família está realojada numa casa alugada pela Câmara Municipal de São Vicente, conforme assegurou à Rádio Pública, Marisia da Luz Monteiro. Neste momento hospitalizado está a criança de 11 anos, que já deixou os cuidados especiais, estando agora no departamento de cirurgia.

Conforme Marisia da Luz Monteiro, a recuperação tem vindo a ser feita aos poucos com a ajuda de todos, mas que as recordações ainda pesam na recuperação, mesmo com a ajuda de psicólogos.

A mesma, em declarações à RCV, garantiu que tem estado em curso falsas campanhas de solidariedade, o que desagrada à sua família. “Muitas pessoas andam a usar a nossa dor. Peço que parem de burlar. São pessoas de Pedra Rolada que andam a fazer isso e a nós nunca chega nada” sustenta Marisia, assegurando que com isso podem colocar o nome da sua família em causa.

A dona de casa que sofreu queimaduras no incêndio que deflagrou no passado dia 01 de Janeiro de madrugada, diz ter conhecimento das pessoas que têm estado a ajudar a sua família, avançando que a esses tem agradecido aos poucos.

Sobre como aconteceu o incêndio, segundo a fonte, a mesma não quis adiantar informações, reiterando que o caso está sob a alçada das autoridades competentes.

No incêndio, recorde-se, faleceu uma filha do casal e ainda dois sobrinhos. Mais quatro pessoas ficaram feridas na sequência deste incêndio que abalou os cabo-verdianos no primeiro dia deste ano.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.