Pai de Giovani garante que ainda não existe uma data para a transladação do corpo do filho

8/01/2020 17:51 - Modificado em 8/01/2020 17:52
| Comentários fechados em Pai de Giovani garante que ainda não existe uma data para a transladação do corpo do filho

Joaquim Rodrigues, pai do jovem estudante Giovani Rodrigues, de 21 anos, falecido em Portugal, vítima de agressão na cabeça com um taco de basebol, garantiu que atos “bárbaros” desta natureza não podem tornar a acontecer, adiantando que ainda não existe a previsão de uma data certa para a transladação do corpo do filho para Cabo Verde.

O pai do malogrado que fala em um ato de “terrorismo” perpetuado contra o seu filho, assegurou que até então não teve conhecimento de nenhum resultado formal da autópsia feita ao corpo de Giovani, e tudo o que sabe tem sido através dos meios de comunicação social.

Sobre o processo da transladação do corpo para Cabo Verde, assegurou, em declarações a Rádio Pública feitas desde Portugal, que está a seguir os seus trâmites legais e que o corpo deveria ser entregue à agência funerária na segunda-feira passada, mas na última informação que teve, tal não foi possível pois, por incumbência do Ministério Público iriam fazer mais perícias ao corpo.

Neste momento garantiu que não sabe se já fizeram ou não as tais perícias ao corpo, mas que a agência funerária confirmou que até esta quinta-feira, 09, seria possível levantar o corpo para que a transladação possa ser feita.

Sobre o funeral a realizar-se na ilha do Fogo, o mesmo assegurou que será feito 5 dias após o corpo ser levantado, ou seja no início da próxima semana.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.