Ficam detidas angolanas que tentaram sair da Namíbia com 134 mil euros

7/01/2020 17:13 - Modificado em 7/01/2020 17:13
| Comentários fechados em Ficam detidas angolanas que tentaram sair da Namíbia com 134 mil euros

Um tribunal namibiano recusou libertar sob fiança três angolanas detidas no aeroporto internacional Hosea Hutako, em Windhoek, quando tentavam sair da Namíbia com o equivalente a 140 mil euros na divisa europeia e norte-americana, noticiou a imprensa local.

O tribunal de Katutura recusou o pedido de libertação sob fiança de Maria Combua, 46 anos, Helena Samba Pintal, 35 anos, e Beatriz Antunes, 47 anos, acolhendo as alegações de perigo de fuga e de perturbação de prova apresentadas pelo Ministério Público namibiano.

As três angolanas enfrentam duas acusações de exportação ilegal de moeda e de disfarce de origem ilegal, em relação às quais se declararam inocentes.

As acusações decorrem do facto de as três nacionais angolanas terem sido detidas no aeroporto internacional que serve a capital namibiana quando tentavam sair do país com 150.190 dólares norte-americanos (1334 m4,4 mil euros) e 6.250 euros dissimulados em sutiãs, faixas enroladas à cintura, fraldas descartáveis e solas de sapatos.

A detenção das três angolanas foi totalmente fortuita. Uma máquina de cortar cabelo acionou o scanner para bagagens à passagem de uma mala pertencente a uma das acusadas, o que levou as autoridades aeroportuárias a investigar e a descobrir o dinheiro dissimulado.

Por Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.