“Quando o rouxinol vence o touro”, obra de Isa Iolanda

7/01/2020 00:53 - Modificado em 7/01/2020 00:53
| Comentários fechados em “Quando o rouxinol vence o touro”, obra de Isa Iolanda

A autora Isa Iolanda, lança no Centro Cultural do Mindelo o livro “Quando o rouxinol vence o touro”, no dia 10 de janeiro.

A ser apresentado por Maria Miguel Estrela, Bento Oliveira e Luís Cardoso da Silva, a obra “Quando o rouxinol vence o touro” trata-se, segundo o sinopse de Ondina Ferreira, de um ensaio introspetivo em que a vertente autobiográfica subjaz ao longo do texto.

Por um lado, a autora faz a análise social e histórica das ilhas, através da contribuição das manifestações de arte com forte pendor, e um minucioso olhar sobre a mulher cabo-verdiana, precisamente naquilo que ela possui de artista/cantautora. Atributos aliás, da própria protagonista, “Rouxinol”.

Por outro lado, lemos passagens em que a autora, apresentada através de uma narradora enunciada na primeira pessoa – se debruça sobre a injustiça que sentiu e sofreu na pele, nos Estados Unidos, aqui narrada de forma realista, através de uma interrogação e de um questionamento indignados das motivações e das consequências da agrura por que passou.

Apesar de tudo por que passou, o Rouxinol continua a acreditar e a apostar num mundo mais fraterno e numa arte cada vez mais interventora e medianeira na procura da paz. Só assim o “Touro” será vencido ou, pelo menos, domada a sua fúria.»

Isa Iolanda, filha de cabo-verdianos, nascida em Portugal, é licenciada em Relações Públicas, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – Belo Horizonte, Brasil.

Inicia-se, em Cabo Verde, como artista-cantora em 1998. Em palcos internacionais, participou em concertos nos Estados Unidos, Canadá, Itália, Brasil, Portugal Continental e na Ilha da Madeira.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.