Finlândia quer nova semana de trabalho. Quatro dias e seis horas por dia

6/01/2020 22:38 - Modificado em 6/01/2020 22:38
| Comentários fechados em Finlândia quer nova semana de trabalho. Quatro dias e seis horas por dia

Sanna Marin, a nova primeira-ministra do país, defende que os trabalhadores devem passar mais tempo com a família.

A Finlândia propõe uma ‘nova’ semana de trabalho. A nova primeira-ministra, Sanna Marin, quer implementar que, no país, se trabalhe apenas quatro dias por semana e seis horas por dia

A intenção é permitir que os finlandeses passem mais tempo com a família e a fazerem o que lhes dá mais prazer.

“Acredito que as pessoas merecem passar mais tempo com as suas famílias, com os que amam, com os seus hobbies e outros aspetos da vida, como a cultura”, assinalou Sanna Marin, de 34 anos, citada pelo Daily Mail.

“Este pode ser o próximo passo para nós na vida dos trabalhadores”, acrescentou a recém-eleita primeira-ministra do país do Norte da Europa. 

Atualmente, uma semana de trabalho na Finlândia corresponde a cinco dias por semana e oito horas por dia. 

Recorde-se que, no passado mês de dezembro, a à data ministra dos Transportes da Finlândia, Sanna Marin, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do paísÉ a pessoa mais nova de sempre – e terceira mulher – a ocupar o cargo.

A nomeação de Sanna Marin, que lidera uma coligação governamental de centro-esquerda composta por cinco partidos, foi aprovada no Eduskunta (designação original do parlamento finlandês) com 99 votos favoráveis e 70 contra.

Por Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.