Árbitro Benvindo Neves termina carreira de 13 anos

31/12/2019 01:41 - Modificado em 31/12/2019 01:41
| Comentários fechados em Árbitro Benvindo Neves termina carreira de 13 anos

O jogo entre Mindelense e Salamansa da quarta jornada do regional de Futebol de São Vicente, disputado domingo passado, foi a partida escolhida por este juiz que coloca fim na carreira, por motivo de idade, aos 45 anos.

Benvindo Neves diz que o objetivo de terminar a carreira este domingo, foi porque queria terminar o ano civil, após um percurso de pouco mais de uma década.

“Foram anos de muito trabalho” diz este juiz que abstêm-se de fazer uma avaliação, deixando que outros o avaliem pela sua prestação a nível regional e nacional.

Começou em 2006, com jogos de escalão e após dois anos, subiu para a primeira divisão. “O Castilhox Mindelense foi o primeiro jogo do campeonato que dirigi”, a este seguiram-se dezenas e dezenas de jogos apitados, entre competições da primeira e segunda divisão, taças, e competições nacionais.

O ponto alto da sua carreira, conforme diz, foi ter apitado a final da Taça de Cabo Verde, numa partida em que a União Desportiva Santo Crucifixo, da Ribeira Grande de Santo Antão, conquistou a edição 2018/19, ao vencer o Palmeiras do Sal por 3-2, numa final disputada no Estádio Nacional.

A nível nacional diz que algumas pretensões ficaram para trás como, o desejo de ter apitado uma final do campeonato nacional. “Nunca consegui apitar uma final porque a ilha sempre teve uma equipa na final da competição”.

No entanto, destaca o clássico Mindelense vs Académica em 2008, como o jogo que marcou a sua carreira.

“Foi uma boa carreira e saio com sentido de dever cumprido”, refere Benvindo Neves.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.