Consumidores preocupados com a rotura do stock de gás butano em Santo Antão

31/12/2019 00:51 - Modificado em 31/12/2019 00:51
Foto: Facebook-Benvindo Neves

A ilha de Santo Antão enfrenta já há alguns dias a falta de gás butano, o que tem provocado grandes constrangimentos no seio dos consumidores domésticos e serviços de restauração.

O problema ao que pôde apurar o NN é sentido nos três concelhos da ilha e para já não se sabe quando será reposta a normalidade. Relatos dos consumidores dão conta que o problema vem se arrastando há vários dias, uma situação caótica principalmente numa altura da quadra festiva.

As empresas fornecedoras vão tentando dar resposta à demanda, mas de forma muito condicionada, chegando a ponto de os consumidores fazerem filas nos postos de abastecimento nos concelhos da Ribeira Grande e do Paul, onde se regista mais dificuldades na aquisição deste produto de primeira necessidade.

Um facto constatado este fim-de-semana na cidade da Ribeira Grande é que quando uma das empresa colocou à venda um pequeno stock, num instante formou-se uma enorme fila e só puderam comprar garrafas de gás quem tinha o seu nome colocado numa lista.

A necessidade é grande e tem afetado também os serviços de restauração da ilha, que por estes dias tem visto a sua produção afetada devido a falta de gás butano em Santo Antão.

Sabe este online que muitos santantonenses têm requisitado a compra deste bem de consumo na ilha de São Vicente, para fazer face à escassez do produto nos três concelhos da ilha.

Entretanto, na tarde desta segunda-feira, a Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME), afirma que o que se passou em Santo Antão “foi uma situação localizada” e que ainda até ao final da segunda-feira a situação estaria normalizada.

Carlos Sá Nogueira, responsável de comunicação da ARME esclareceu que a ruptura do ‘stock’ de gás butano deveu-se a questões logísticas, mais concretamente “de logística portuária”, acrescentando que neste momento a situação está ultrapassada”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.