Corrida de São Silvestre 2019 com três categorias

30/12/2019 01:29 - Modificado em 30/12/2019 01:29
| Comentários fechados em Corrida de São Silvestre 2019 com três categorias

Já está quase tudo pronto para a 25ª edição da corrida de São Silvestre em São Vicente. As inscrições para quem quiser participar terminam esta tarde, 30 Dezembro. “As inscrições terminam esta segunda feira à tarde e esperamos que as façam o quanto antes porque temos um número limite de participantes”, diz Arlindo Fonseca.

O presidente da Associação Regional de Atletismo, destaca a participação maioritária de atletas residentes na ilha, com a participação de alguns atletas de outras ilhas, nesta prova que terá as categorias, de júnior, sénior e veterano, tanto em masculinos como em  femininos, numa prova que, até ao momento, não conta com a presença de atletas estrangeiros.

No entanto, a associação diz estar a aguardar uma resposta da Câmara Municipal de São Vicente, para que no dia 31 de Dezembro a meta seja colocada na Rua de Lisboa.

As atletas, Aleída Santos, campeã sénior feminina da corrida de 2018, apesar de uma lesão ainda por debelar, está motivada para a prova do dia 31 e garante dar o seu máximo e fazer uma boa prova para assim atingir o objectivo traçado. Este ano também conta com a participação de mais atletas femininas.

Rosa Santos, veterana e vencedora da prova do ano passado nesta categoria, também diz que está preparada para fazer uma boa prova.

Em relação a organização, Arlindo Fonseca diz que os preparativos decorrem normalmente e que conta com a colaboração da Polícia Nacional, Forças Armadas, Cruz Vermelha e os Bombeiros Municipais, que continuam a ser os principais parceiros na segurança da prova.

Por outro lado, pede a colaboração da população e apela aos condutores a serem solidários e dar prioridade aos atletas.

O percurso, numa extensão de 10 quilómetros, tem a Laginha como ponto de partida, marcada para as 16 horas, passando pela Avenida Marginal, Praça Estrela, Estrada do Aeroporto, Rua do Bombeiro, Monte Sossego-Rua 1, Rotunda da Ribeira Bote, Avenida Cidade Invicta, Cruz, Maderialzinho, Chã de Alecrim, Avenida Marginal e a meta será “ou na Rua de Lisboa ou frente à CV Telecom”.

No tocante a prémios, apesar das limitações, Arlindo Fonseca diz que espera uma presença massiva de participantes.

Conforme o presidente da associação, a ilha de São Vicente está atrasada em relação as ilhas do Sal e Santiago, que já possuem uma pista de atletismo e os atletas tem maiores condições de treino.

“Em São Vicente enquanto não tivermos uma pista vamos continuar a treinar e a competir da forma antiga, na estrada”, diz Fonseca que  aponta a falta de uma pista de atletismo como uma grande lacuna para o desenvolvimento da modalidade, dai as dificuldades que os atletas da ilha de São Vicente e quiçá de outras ilhas, encontram no Sal e na Praia, aquando das competições nacionais realizadas nessas ilhas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.