Vigilantes de S. Vicente com nova manifestação e greve agendada

24/12/2019 01:22 - Modificado em 24/12/2019 01:22
| Comentários fechados em Vigilantes de S. Vicente com nova manifestação e greve agendada

O presidente do SIACSA, Gilberto Lima, avançou que os vigilantes da segurança privada de São Vicente vão partir para uma manifestação de rua no dia 03 de Janeiro de 2020, seguida de uma greve de três dias, para reivindicarem melhores condições laborais e melhoria salarial.

Uma greve que segundo o sindicalista, em conferência de imprensa, tem na sua origem o incumprimento por parte do Governo do prazo da definição do Preço Indicativo de Referência (PIR), para os vigilantes de segurança privada e por isso confirma greve de três dias e manifestação dessa classe a partir de 03 de Janeiro de 2020.

O presidente do Sindicato de Indústria Geral, Alimentação, Construção Civil, Agricultara, Florestas, Serviços Marítimo e Portuário (SIACSA), Gilberto Lima, afirmou ainda que as manifestações são constantes, mas que para já não se veem soluções para os problemas desta classe.

“A calamidade laboral dos vigilantes das empresas de segurança privada vem desde 2004 a esta parte e até ainda o Governo não mandou publicar o PIR, para que a nova tabela salarial possa entrar em vigor em Janeiro de 2020” assegurou.

Para Gilberto Lima a situação é mais gritante nas ilhas do Sal e de São Vicente, devidoa ao incumprimento dos acordos e das leis, designadamente a retificação salarial. “Vínculos precários de trabalhadores, baixo salário e contrariamente ao que se pinta sobre a situação laboral cabo-verdiana é simplesmente uma cópia de pintura e de publicidade. Estamos mal e é preciso mudar o estado de coisas”.

Gilberto Lima diz esperar que 2020 seja mais benéfico para os trabalhadores com destaque para os vigilantes da segurança privada, assegurando que vão continuar com as manifestações e greves, apelando aos decisores políticos para ponderarem sobre esta situação e para verem o “mal que estão a fazer para os trabalhadores”. 

Durante este ano de 2019 o SIACSA realizou três manifestações em Mindelo e na Cidade da Praia e uma greve nacional dos vigilantes pelos mesmos motivos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.