Comerciantes mindelenses na esperança de um aumento das vendas na época festiva

18/12/2019 00:32 - Modificado em 18/12/2019 00:32
| Comentários fechados em Comerciantes mindelenses na esperança de um aumento das vendas na época festiva

Os comerciantes esperam que esta quadra festiva venha compensar os negócios, manifestando-se optimistas quanto ao aumento nas vendas em relação ao ano passado.

A sensivelmente oito dias do Natal, muitas lojas na ilha de São Vicente estão decoradas a rigor, outras exibindo promoções, com reforço do “staff’” com vista a um melhor atendimento dos clientes durante o período de festa.

Numa ronda às lojas na cidade do Mindelo, o NN constatou uma movimentação diferente, com as pessoas a entrarem e a saírem das lojas procurando alimentos da época e não só, presentes, artigos de decoração, etc, o que vai ganhando mais alento com o aproximar do dia do Natal.

Perspectivando uma boa venda, Victor Matias, dono de uma boutique, disse que o Natal é a data que, normalmente, traz um maior número de vendas, não obstante a crise que se vive ainda e as pessoas a queixarem-se da falta de dinheiro.

“Normalmente está época atinge-se o auge dos negócios, apesar dos constrangimentos verificados com a implementação de muitas lojas chinesas. A concorrência é bastante, e o fluxo das vendas baixou muito nos últimos anos. Outro entrave é a festa do fim-de-ano na Rua de Lisboa, porque normalmente as pessoas já não compram roupas novas para esta ocasião”, afirmou.

Quanto a outros produtos típicos da época, nas casas comercias ou mini-mercados, nomeadamente peru, frutos de natal, leitão, alguns comerciantes já preparam o seu stock.

As donas de casa, especialmente, consideram que este ano as lojas estão mais recheadas do que no ano passado, o que traz algum alento, faltando, entretanto, dinheiro para satisfazer os gostos e caprichos.

Além do colorido nas lojas, a Câmara Municipal de São Vicente proporcionou aos mindelenses como já é hábito, um colorido luminoso em todas as ruas nas diferentes localidades da ilha.

Depois de um ano considerado de “fraco movimento e para esquecer”, uns e outros aguardam o Natal e o Fim do Ano com alegria, “desde que haja saúde e vida”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.