Mário Semedo: “Se não houver apoios em 2020, está em risco a participação nas eliminatórias para o Mundial e CAN”

17/12/2019 00:35 - Modificado em 17/12/2019 00:35
| Comentários fechados em Mário Semedo: “Se não houver apoios em 2020, está em risco a participação nas eliminatórias para o Mundial e CAN”

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Mário Semedo, assegura que o próximo ano, se a entidade não tiver apoios suficientes, vai ser difícil a participação dos Tubarões Azuis na qualificação para a CAN 2021 e apuramento para o Mundial de 2022.

À margem da aprovação do Orçamento Geral para 2020, Mário Semedo diz que para esse ano civil a FCF dispõe de um orçamento que ronda os 240 mil contos, sendo que grande parte desse bolo será revertido para as despesas inerentes aos jogos dos Tubarões Azuis, mas também para as muitas competições internas previstas no calendário da Federação.

Mário Semedo deixou no ar a possibilidade de Cabo Verde não vir a integrar a fase de apuramento para o Mundial de 2022, vincando que se não houver apoios financeiros “vai ser difícil” tendo em conta a participação da seleção na qualificação para a CAN de 2021 e ainda nas competições de Sub-17. “Se não houver apoios 2020 vai ser um ano complicado para a seleção nacional de futebol”.

Inseridas nas provas previstas para 2020, a nível nacional, segundo líder da FCF, estão os campeonatos nacionais seniores em masculinos e femininos, Sub-17, Taça de Cabo Verde, Supertaça, Sub-20 que vai ser retomado, assim como também as modalidades de Futsal e o Futebol de Praia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.