Sara Lopes: “A Feira das Micro e Pequenas Empresa valoriza os pequenos negócios”

14/12/2019 16:38 - Modificado em 14/12/2019 16:38
| Comentários fechados em Sara Lopes: “A Feira das Micro e Pequenas Empresa valoriza os pequenos negócios”

A coordenadora-geral da Feira das Micro e Pequenas Empresas, Sara Lopes, que acontece em Mindelo, afirmou que este evento é singular, onde as micro e pequenas empresas têm a oportunidade de darem a conhecer os seus produtos e serviços ao público e principalmente para a valorização do seu pequeno negócio.

Sara Lopes, fez estas declarações no âmbito da abertura oficial do evento que terá a duração de dois dias, realizado esta sexta-feira, 13, nas Instalações da FIC na Laginha, vincando que este projeto foi desafiador para os recém-licenciados na procura de experiência.

De acordo com a mesma fonte, este evento nasceu com o intuito de criar oportunidades de divulgação e promoção de produtos, serviços e projetos existentes no mercado, por ser um dos pilares da Facetur.

“Esta feira ambiciona complementar o papel do Estado na promoção de um ambiente favorável para a criação de formalização, desenvolvimento e competitividade das micro e pequenas empresas, cujo desiderato não será possível, se as organizações da sociedade civil e o empresariado nacional não perceberem e assumirem o seu papel perante os desafios com que se confrontam o empreendedor individual, as micro empresas e as empresas de pequeno porte” vaticinou.

Para Sara Lopes, estas iniciativas empresariais visam fomentar a valorização dos produtos locais, criar novos produtos e serviços, potenciar a aparição de mais empregos decentes, gerar rendimentos para famílias em todo o país, muito delas, iniciativas e pertença a jovens que parte deles andam à procura do primeiro emprego.

Por sua vez, o Vereador da Câmara Municipal de São Vicente, Rodrigo Rendall, regozijou-se com a iniciativa da Facetur e dos parceiros envolvidos, augurando que seja mais um marco na promoção empresarial no fomento ao empreendedorismo, inovação e competitividade empresarial.

“Os nossos empresários têm o importante desafio de fazer a diferença para aumentar a competitividade nesta economia do conhecimento e inovação constante. A criação de um quadro cada vez mais propício à dinamização da nossa economia local dependerá sempre do engajamento de todos da nossa capacidade de tomar as melhores decisões, para que as nossas empresas possam crescer e diversificar os seus negócios e contribuir para o desenvolvimento do país, permitindo assim responder paulatinamente a um dos grandes problemas que nos afetam. O desemprego jovem” assegurou o vereador.

Rendall acrescentou, ainda, que os investimentos em curso em São Vicente representam uma janela aberta para as empresas nas diversas áreas, referindo que a ilha tem uma história “interessante e profunda” no papel que as micro e pequenas empresas tem contribuído diariamente para o desenvolvimento do país.

A Feira com 65 stands, conta com a presença de empresas das ilhas de São Vicente, Santo Antão e São Nicolau.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.