Menino de quatro anos com pneumonia forçado a dormir em chão de hospital por falta de camas

9/12/2019 01:13 - Modificado em 9/12/2019 01:13
| Comentários fechados em Menino de quatro anos com pneumonia forçado a dormir em chão de hospital por falta de camas

Imagens perturbadoras numa unidade hospitalar no Reino Unido estão a chocar as redes sociais.

Foto: Twitter

Um menino de apenas quatro anos foi esta semana forçado a dormir num chão frio de um hospital em Leeds, no Reino Unido, enquanto era tratado a uma pneumonia, devido à falta de camas naquela unidade hospitalar.

Foi a mãe que se viu obrigada a tapar o pequeno Jack com vários casacos e mantas para o deixar mais confortável e quente. Isto, depois de várias horas deitado no chão a receber soro, avança o jornal britânico Mirror.

O menino apresentou sinais de estar muito doente durante cerca de seis dias e a mãe acabou por levar a criança ao hospital depois de apresentar vários sintomas como vómitos, diarreia, febre e tosse.

Numa primeira fase, os médicos disseram que se tratava de uma virose. No entanto, a mãe teve de voltar ao hospital com a criança visto que Jack não melhorou e acabou por se recusar a comer.

O menino ainda esteve numa cama, mas a chegada de outro paciente deixou, literalmente, o pequeno Jack no chão do hospital a receber soro e oxigénio. “Ele precisava de dormir. Acabou por adormecer num monte de casacos”, disse a mãe ao jornal Mirror.

O político britânico e Secretário de Estado Sombra de Saúde, Jonathan Ashworth, já pediu ao primeiro-ministro que emita um pedido de desculpas à família de Jack. O cenário de desespero a que o jovem foi sujeito já abriu um escândalo político e há quem atire as culpas para os cortes dos conservadores no sistema de saúde.

A mãe de Jack, Sarah, revelou que vai votar pela primeira vez no Partido Trabalhista já nas eleições desta próxima quinta-feira.

Por Correio da Manhã

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.