Jens Bjarnason. Ligação aérea Cabo Verde/Washington tem um grande potencial de sucesso

9/12/2019 00:29 - Modificado em 9/12/2019 00:29
| Comentários fechados em Jens Bjarnason. Ligação aérea Cabo Verde/Washington tem um grande potencial de sucesso

A Cabo Verde Airlines, companhia área cabo-verdiana, iniciou este domingo, 8 de Dezembro, voos regulares para Washington, D. C., capital dos Estados Unidos da América.

O voo inaugural ocorreu este domingo, dia 8 de Dezembro, e partiu do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, no Sal, às 09h30 locais, aterrando no Aeroporto Internacional de Washington-Dulles, às 14h00 locais.

Antes da partida do voo, Jens Bjarnason, CEO da Cabo Verde Airlines, enalteceu o início da ligação à capital dos Estados Unidos da América.

“Estamos muito satisfeitos por lançar a nova rota para Washington, D. C.”, disse Jens Bjarnason, CEO da Cabo Verde Airlines.

“A região da capital dos Estados Unidos da América tinha poucas ligações de serviços aéreos com África, o que dá a esta nova rota um grande potencial de sucesso.”

A rota irá operar três vezes por semana, aos domingos, quartas e sextas-feiras com partida da ilha do Sal e às segundas, quintas-feiras e sábados a partir de Washington, D. C.

Todos os voos terão ligação à ilha do Sal, hub internacional da Cabo Verde Airlines de onde será possível fazer ligação aos destinos da companhia em Cabo Verde, no Brasil (Fortaleza, Recife e Salvador), Senegal (Dakar), Nigéria (Lagos) e Europa (Lisboa, Paris, Milão e Roma).

Além das conexões ao hub na Ilha do Sal, o programa Stopover da Cabo Verde Airlines permite a estadia de até 7 dias em Cabo Verde e assim explorar as diversas experiências no arquipélago, sem custo adicional nas passagens aéreas.

Esta nova ligação procura reforçar a presença da companhia no mercado norte-americano. Recorde-se que a Cabo Verde Airlines decidiu, ainda, reforçar as ligações a Boston, com mais uma ligação por semana, que começará a operar a partir de 14 de dezembro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.