Mindel Floating Music pronto dentro de três meses

28/11/2019 16:13 - Modificado em 28/11/2019 16:13
| Comentários fechados em Mindel Floating Music pronto dentro de três meses

A Baía do Mindelo, em São Vicente, irá receber dentro de três meses, o ‘hub’ criativo flutuante virado para a música. A “primeira tábua” foi lançada esta quarta-feira, 27, à margem da II edição do Cabo Verde Ocean Week que decorre no Mindelo.

O Mindel Floating Music, projeto da África Development Solutions, ADS, do investidor maliano Samba Bathily, foi apresentado no ano passado na Gare Marítima, no quadro da conferência da I edição do Cabo Verde Ocean Week. Na altura era apenas um projeto posto à mesa e agora é uma realidade que irá ganhar corpo já em fevereiro de 2020.

Conforme o ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, o projeto foi “evoluído”, já que inicialmente começou por ser um estúdio flutuante. “O que disse o promotor é que será um ‘hub’ de criatividade. Não só da música, mas tudo o que é cultura, cinema, eventos internacionais” explicou o ministro.

O projeto “evoluído” irá abranger parte da orla marítima da Avenida Marginal do Mindelo, incluindo a construção de um estúdio de gravação tecnologicamente avançado, uma escola de música e uma zona de diversão aberta ao público.

O ministro mostrou-se satisfeito com o projeto, sublinhando que irá beneficiar não só a ilha de São Vicente e Cabo Verde, mas toda a zona oeste Africana, por se tratar de um espaço “privilegiado e único em toda a África”.

O Mindel Floating Music será composto por uma praça frontal, em terra, um pontão flutuante e uma praça central flutuante, fazendo a ligação com três naves, a maior das quais uma sala de espetáculos. Há ainda uma nave para um estúdio de música e outra que vai funcionar como um pequeno bar de apoio ao espaço.

A estrutura, amovível, será montada em três meses e ficará localizada a 50 metros, entre a praia e a baía. Será complementar ao futuro Terminal de Cruzeiros de São Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.