Hipotermia, desidratação e fome são as causas de morte dos seis ocupantes de embarcação de boca aberta encontrada nas proximidades do Paul

26/11/2019 17:54 - Modificado em 26/11/2019 17:54
| Comentários fechados em Hipotermia, desidratação e fome são as causas de morte dos seis ocupantes de embarcação de boca aberta encontrada nas proximidades do Paul

Os cadáveres dos seis homens de origem ainda por identificar, encontrados na manhã desta segunda-feira, 25, nas proximidades do município do Paul, em Santo Antão, morreram de hipotermia, desidratação e fome, isto conforme, avaliação feita pelo médico legista.

Conforme informações avançadas pela Rádio Pública, os corpos não apresentavam sinais de violência física.

A mesma fonte assegura, que todos os seis cadáveres foram a enterrar no cemitério da cidade das Pombas no Município do Paul. Foram também recolhidos as impressões digitais dos mesmos para posterior identificação, para se saber a nacionalidade dos ocupantes, que ao que tudo indica poderão ser de origem senegalesa.

Só 24 hora depois de serem encontrados é que as autoridades competentes conseguiram remover os seis cadáveres, que segundo informações são provenientes da costa ocidental africana.

Entretanto, o director nacional da Polícia Nacional (PN), Emanuel Estaline Moreira disse à imprensa que a polícia ainda “não tem qualquer informação” sobre a nacionalidade dos seis cadáveres. “Neste momento ainda o nosso pessoal está no terreno juntamente com as outras autoridades e estamos a aguardar por informações mais precisas. É uma embarcação, em princípio, vinda da costa africana, dos países vizinhos. Vamos aguardar por mais informações para nos podermos pronunciar”, referiu Estaline Moreira.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.