Praia: Polícia Judiciária detém agente de Polícia Nacional suspeito de ter assassinado Hamilton Morais

23/11/2019 10:54 - Modificado em 23/11/2019 10:54

A PJ informa que deteve esta sexta-feira, 22, fora de flagrante delito, um agente da Polícia Nacional, de 37 anos, suspeito da autoria material do crime de homicídio do agente Hamilton Morais, ocorrido em Outubro, no Bairro de Tira Chapéu, na cidade da Praia.

De acordo com a PJ o detido será apresentado este sábado, 23, às autoridades judiciárias competentes, para efeito de primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coacção pessoal.

De realçar que o agente Hamilton Morais foi baleado durante uma operação da PN. Suspeitava-se que tinha sido alvejado por “fogo amigo”, ou seja que o disparo fatal tivesse sido feito por um outro policial, pelo que as dúvidas sobre este mistério que deixou os cabo-verdianos em alerta, poderão ficar dissipado, conforme as declarações do agente durante o interrogatório deste sábado.

  1. Manuel Monteiro

    Este já está confirmado, agora falta a verdade da morte do outro agente em Assomada, José Luís tambem foi morto, não por causa natural como governo e a polícia quer mostrar com inverdades, as marcas de arrastamento confirmando que ele foi colocado lá estão nas suas vestes pigmentos da grama na sua calça, no seu sapato, no cinto investiguem com seriedade eu estive la e vi como todos que estiveram la observaram

  2. Anildo Marabela

    oh cabverde triste e vergonhoso

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.