Fernando Elísio Freire: “Brevemente todos os enfermeiros que não tinham a licenciatura vão estar formados e em condições de integrar a carreira”

21/11/2019 00:53 - Modificado em 21/11/2019 01:07
Foto: Inforpress

O ministro de Estado, Fernando Elísio Freire, disse esta quarta-feira, que em breve, com a parceria das universidades, todos os enfermeiros que não tinham a licenciatura vão estar formados e em condições de integrar a carreira.

No I Congresso Internacional de Enfermagem em Cabo Verde, que decorre de 20 a 21 de novembro, na Cidade da Praia, organizada pela Universidade de Cabo Verde, evento que assinala os dez anos de formação superior no sector, o ministro anunciou para breve a entrada de mais 179 enfermeiros no Sistema Nacional de Saúde, totalizando, segundo o ministro, cerca de mil profissionais, o que vai melhorar o rácio enfermeiro por habitantes.

“Para o ano económico de 2020 o esforço financeiro continuará e foram alocados recursos na ordem 5,6 milhões de contos no sentido da materialização do programa do Governo para a área da saúde. Em breve, com a parceria das universidades, teremos todos os enfermeiros que não tinham a licenciatura, formados e em condições de integrar a carreira” revelou Fernando Elísio Freire, que presidiu o ato em representação do Ministro da Saúde e Segurança Social .

Na perspectiva do ministro de Estado e dos Assuntos Parlamentares, o objetivo é o de levar a saúde “mais próxima do cidadão”, reforçar o contingente de enfermeiros nos serviços hospitalares, contribuir para o aprimoramento dos serviços que prestam à população, e, assim, o país estará a dar um “passo decisivo” em ordem ao cumprimento dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

No entanto, salientou que nos últimos três anos o Governo conseguiu aprovar através do parlamento a nova carreira de enfermagem, os estatutos que criam a Ordem dos Enfermeiros, cuja comissão instaladora já foi empossada.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.