Associação dos Agentes Prisionais denúncia pressões e violação da lei em São Vicente

21/11/2019 00:30 - Modificado em 21/11/2019 00:30
| Comentários fechados em Associação dos Agentes Prisionais denúncia pressões e violação da lei em São Vicente

O presidente da Associação dos Agentes Prisionais, Belarmino Semedo, assegurou esta quarta-feira, que apesar do balanço da greve até agora ser positivo, com uma aderência a nível nacional de 98 por cento (%) regista-se situações de incumprimento e violação da lei em São Vicente.

Os agentes prisionais de todos os estabelecimentos prisionais do país, completaram esta quarta-feira, 20, o segundo de três dias de greve e de acordo com o presidente da Associação, Belarmino Semedo, registou-se uma aderência a volta de 98 por cento (%) a nível nacional.

No entanto, Belarmino Semedo denúncia situação de incumprimento da lei em São Vicente, com os agentes da Polícia Judiciária, neste período de greve, estarem a acompanhar os reclusos para o Tribunal da ilha. “Estão a infringir a lei e a colocar em risco a segurança dos reclusos e dos agentes que estão lá que são limitados a fazerem o trabalho que não foi negociado. Qualquer coisa que acontecer não é da nossa responsabilidade” salientou Belarmino Semedo citado pela Rádio Pública.

Destaca-se que apenas cinco guardas prisionais estão a cumprir com os serviços mínimos (alimentação e saúde) na Cadeia Central de Ribeirinha. 

O presidente da Associação dos Agentes Prisionais, nega rigidez nas propostas apresentadas ao Ministério da Justiça, vincando que não houve uma contraproposta apresentada por esta entidade, para que a situação fosse ultrapassada evitando que a greve seguisse adiante.

O mesmo considerou que a carência dos recursos humanos está a dificultar o processo de reinserção social. “Na prática não há reinserção social nas cadeias do país” afirmou.

De frisar que a greve que teve início na segunda-feira, 19, ficará concluída esta quinta-feira, pelo que Belarmino Semedo diz-se aberto ao diálogo e pede a mesma postura ao Governo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.