UCID pede melhorias para o sector da saúde em São Vicente e questiona Governo sobre arranque das obras do Terminal de Cruzeiros

15/11/2019 16:18 - Modificado em 15/11/2019 16:18
| Comentários fechados em UCID pede melhorias para o sector da saúde em São Vicente e questiona Governo sobre arranque das obras do Terminal de Cruzeiros
Foto: Inforpress

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) na voz do seu líder, António Monteiro, levantou algumas preocupações a nível da saúde em São Vicente, nomeadamente a manutenção das enfermarias do hospital Baptista de Sousa, Centro Ambulatório e reivindicou ainda para São Vicente um centro para recuperação de toxicodependentes.

Estas revindicações de António Monteiro foram feitas hoje, no Parlamento, entendendo o líder da UCID, terceira força política em Cabo Verde, que o Governo deveria enquadrar no Orçamento de Estado para 2020 verbas para a manutenção do Hospital Baptista de Sousa que carece de uma “manutenção urgente”.

Na mesma senda, o deputado reenvidou a construção de um centro de recuperação de toxicodependentes em São Vicente, juntamente com o futuro Centro de Terapia Ocupacional da ilha, localizado em Ribeira de Vinha. “Isto para podermos ajudar os jovens que, infelizmente, acabaram por enveredar por este caminho tortuoso”, sustentou o líder da UCID que pediu ainda celeridade no arranque das obras do centro ambulatório do Hospital Baptista de Sousa.

Sobre as obras do Terminal de Cruzeiros de São Vicente, António Monteiro quis saber para quando o arranque das mesmas. Em resposta, o secretário de Estado, Carlos Monteiro, assegurou que as obras deverão iniciar-se em finais do primeiro trimestre de 2020.

“É um processo que envolve organismos internacionais que financiam e por isso é um processo que tem o seu cronograma e que leva o seu tempo. Neste momento está-se a trabalhar com a assistência técnica internacional na montagem do caderno de encargos para o lançamento do concurso pelo Ministério das Infraestruturas e nós acreditamos que no final do primeiro trimestre de 2020 ou à volta disso poderão ser iniciadas as obras” vincou Carlos Monteiro.

No entanto o secretário de Estado mostrou-se cauteloso para avançar com uma data concreta para o início das obras.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.