Sara Furtado vai continuar em prisão preventiva

14/11/2019 16:32 - Modificado em 14/11/2019 16:32

O Supremo Tribunal de Justiça recusou, esta quinta-feira, o pedido de habeas corpus com vista à libertação de Sara Furtado, a mulher que terá alegadamente abandonado o filho recém-nascido num contentor de ecoponto, segundo apurou o PÚBLICO.

Sara Furtado encontra-se detida no Estabelecimento Prisional de Tires, onde irá aguardar os trâmites legais do processo.

O pedido de habeas corpus foi apresentado na passada segunda-feira por um grupo de advogados, onde se inclui Varela Matos, candidato a Bastonário da Ordem dos Advogados, alegando a ilegalidade da prisão de Sara Furtado.

Recorde-se que a jovem cabo-verdiana de 22 anos, vivia na situação de sem abrigo e teve o bebé na via pública abandonando-o posteriormente num ecoponto na Av. Infante D. Henrique em Lisboa.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.