Estudantes cabo-verdianos na Bolívia pedem intervenção do Governo de Cabo Verde

14/11/2019 01:59 - Modificado em 14/11/2019 01:59
| Comentários fechados em Estudantes cabo-verdianos na Bolívia pedem intervenção do Governo de Cabo Verde
La Paz, Bolívia

Na sequência da renúncia do presidente boliviano Evo Morales instalou-se o caos naquele país, onde se encontram cerca de 100 estudantes cabo-verdianos, que pedem a intervenção do Governo de Cabo Verde para evitar que o pior aconteça.

Na ausência duma representação diplomática na Bolívia, os estudantes cabo-verdianos radicados sobretudo em Cocha Bamba, La Paz e Santa Cruz, temem que o pior aconteça e pedem uma concertação entre o Governo de Cabo Verde e a nossa embaixada no Brasil para tomar pulso da situação.

Elba Fonseca, a porta-voz dos jovens estudantes cabo-verdianos, pede ao Governo de Cabo Verde para, ao menos, procurar inteirar-se da situação reinante naquele país, já que mesmo a imprensa internacional foi impedida pelo presidente Morales de fazer o seu trabalho.

Neste sentido o ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, frisou que está a acompanhar com atenção a situação política que se vive na Bolívia e que já foi designado um diplomata cabo-verdiano que está a avaliar a crise política e a tensão social nesse país da América Latina.

No entanto o ministro deixa uma mensagem de tranquilidade aos estudantes cabo-verdianos. “Continuaremos acompanhar a situação e esperamos que a mesma caminhe para a tranquilidade” ressalvou o ministro salientando que o Governo está atento ao evoluir da situação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.