Show dos 30 anos de carreira de Beto Dias no Mindelo

12/11/2019 23:06 - Modificado em 13/11/2019 08:54
| Comentários fechados em Show dos 30 anos de carreira de Beto Dias no Mindelo

A cidade do Mindelo, São Vicente, recebe no dia 07 de Dezembro o show dos 30 anos de carreira do cantor cabo-verdiano Beto Dias.

O músico Beto Dias que completou este ano os seus 30 anos de carreira, tem agendado para a ilha de São Vicente um espetáculo onde junta no mesmo palco, Jorge Neto, Suzana Lubrano, Sandro Correia, Blaka, Batchart e o angolano Marcos Fonseca.

Uma mistura de géneros musicais para celebrar três décadas da carreira de um artista que muito tem dado à música e cultura de Cabo Verde. “O facto de ser um grande artista para todas as faixas etárias, será um evento marcante”, avança a organização que acrescenta ainda que este irá trazer um reportório de todos os seus sucessos. “São músicas que marcaram uma geração e que continuam atuais”, destaca.

 Conforme apuramos, este espetáculo surge na sequência de alguns contactos entre a organização e o artista para que o evento fosse realizado em São Vicente.

Apesar de ainda não ter sido divulgado o local, que será anunciado oportunamente, a organização diz que este certame será “um marco importante para o próprio artista e também para quem o conhece e acompanha”.

Embora esteja agendado para início de Dezembro, a organização considera que será uma grande festa de “fim de ano antecipado”.

De referir que desde do ano passado que o artista tem vindo a celebrar os seus 30 anos de carreira com uma digressão pelos Estados Unidos da América, Europa e por Cabo Verde.

Beto Dias, nome artístico de Alberto da Veiga Dias, é natural do concelho do Tarrafal de Santiago. Iniciou a sua carreira musical em 1988, quando integrou o grupo Rabelados como guitarrista, mas com o tempo passou a ser o líder e a principal voz da banda, ao lado do músico Meno Petcha.

Neste grupo, participou em dois discos – Unidade y Amor (1989) e Sukuru (1995), tendo deixado o grupo em finais de 1996.

O primeiro disco a solo de Beto Dias, intitulado Sodadi foi editado em dezembro de 1993, a que se seguiram “Sol, Armonia & Fé” (1996), “Nos 2” (2000), “Kuasi Perfeitu” (2004) “Best Of (2006), Totalmente de Bó (2009).

Em 2011, o cantor venceu na categoria de Melhor Intérprete Masculino, Melhor Álbum Electrónico e Melhor Funaná, no Cabo Verde Music Awards (CVMA).

Beto Dias lançou em 2015 um single intitulado “Nu fika djunto”, que foi interpretado em parceria com a intérprete e compositora cabo-verdiana Suzanna Lubrano e contou com arranjo básico de Beto Dias e arranjo geral e produção de Dabs Lopes, guitarra de Ivan Medina, piano de Toy Vieira e coro de Ló.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.