Alcides Graça confirma recandidatura à CPR do PAICV em São Vicente

4/11/2019 12:46 - Modificado em 4/11/2019 12:46

O atual presidente da Comissão Política Regional (CPR) do PAICV em São Vicente, Alcides Graça, formalizou hoje a sua candidatura a novo mandato à frente da Comissão, cujas eleições internas estão agendadas para o próximo 24 de Novembro.

Em conferência de imprensa realizada hoje, na sede regional do partido Alcides Graça disse que vai candidatar a mais um mandato (2019-2022), “com propostas de órgãos renovados, motivados e objetivos bem definidos”.

Graça apresentou três pilares descritos como fundamentais para alavancar o partido para novas conquistas com foco na vitórias nas eleições autárcicas e legislativas. “O primeiro diz respeito ao reforço da coesão interna, mas com respeito pela diferença. Pretendemos criar um núcleo de apoio e promoção, inclusão interna para responder a essa necessidade premente do PAICV nestes últimos tempos” vincou.

Já o segundo pilar, conforme Graça, consiste na qualificação da base de dados, onde pretendem com isso uma reaproximação dos militantes que estão desativados. “Queremos recrutar novos militantes com o objetivo de chegar a cinco mil militantes até 2022. O objetivo é ter militantes com rosto e com residência e acima de tudo motivados e prontos para trabalhar” aclarou Graça.

Por fim, um pilar “muito importante” no entender de Alcides Graça, prende-se com a transformação da sede do partido num ponto de convergência e promoção dos compromissos com a juventude. O primeiro passo, segundo Graça, já foi dado com a constituição da sala de leitura, sendo que o segundo passo será transformar este espaço numa sala de formação de curta e média duração para os jovens sanvicentinos.

“Com estes três pilares pretendemos criar as condições para que o PAICV possa apresentar-se forte e com boas possibilidades ganhar as eleições autárquicas e também as legislativas. Um partido como o PAICV tem de se preparar para ganhar sempre. Esta candidatura, com uma equipa que estamos a propôr renovada em mais de 90 por cento (%), pretendemos efetivamente criar estas condições para ganhar todas as eleições” elucidou este candidato.

Por isso, anotou que as abordagens feitas aos militantes este fim-de-semana foram produtivas, o que encoraja para continuar o trabalho feito no terreno, porque “dá-nos algum conforto de que os militantes do PAICV reveem-se nesta nossa candidatura que é séria, rigorosa e comprometida com o partido, nos seus valores e princípios”.

Com uma lista “fresca” Alcides Graça vincou que traz para o centro do principal órgão político do partido em São Vicente, caras novas, jovens e mulheres com o intuito de reforçar a lei da paridade recentemente aprovada na Assembleia Nacional.  

No entanto, o mesmo sublinhou que não terá nenhum apoio da atual presidente do partido, Janira Hopffer Almada, nestas eleições internas, sendo que a mesma demarcou-se, vincando apenas esperar que as eleições fossem “honestas, com limites” porque no fundo pretende-se a mesma coisa que é o PAICV sair “forte destas eleições e com a democracia interna reforçada”.

De realçar que esta vai ser a terceira candidatura de Alcides Graça a CPR de São Vicente, onde procura uma terceira eleição e vai ter pela frente Nilton Silva que tornou público recentemente a sua candidatura ao principal órgão do partido em São Vicente.

A Comissão de Jurisdição de Fiscalização, será constituída por Roberto Ramos (Presidente do Órgão), Thierry Monteiro (vice-presidente) que vão ser coadjuvados por Eurico Brito e Emanuel.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.