Babysitter engravida de menino. Acabou condenada a 20 anos de prisão

22/10/2019 14:12 - Modificado em 22/10/2019 14:12
| Comentários fechados em Babysitter engravida de menino. Acabou condenada a 20 anos de prisão

Marissa Mowry está registada como predadora sexual. Pai da criança é agora adolescente e está a criar o filho.

Marissa Mowry, atualmente com 28 anos, foi contratada por uma família para ser babysitter do seu filho. A jovem norte-americana tinha 22 anos, enquanto a criança de quem iria tomar conta tinha 11.

Durante meses, o menino foi abusado sexualmente pelo menos 15 vezes e a mulher acabou por engravidar. Em 2014, nasceu o filho de ambos. O caso ocorreu na Flórida.

Agora, Marissa conheceu a sentença pelos crimes que cometeu na altura. Foi condenada a 20 anos de prisão, conta o jornal norte-americano Tampa Bay Times. Ficou ainda registada como predadora sexual.

A família tratava a jovem como se fosse da família e, quando o menino nasceu, foi visitar Marissa ao hospital pensando que esta tinha estado grávida do seu namorado. 

Só quando a vítima teve coragem de contar o que aconteceu – três anos depois do sucedido – é que foi realizado um teste de ADN que revelou quem era o verdadeiro pai. 

O pai da criança, atualmente com 17 anos, está a criá-lo com a ajuda da família. A identidade do jovem não foi revelada por este ser ainda menor, mas a mãe contou que este leva o menino – com 5 anos – para a escola pela manhã e depois segue ele próprio para estabelecimento de ensino que frequenta. 

Depois, durante a tarde, brincam no quintal. “Não lhe arruinou a vida, mas mudou-a (…) Ele transformou-se num dos melhores pais que irão conhecer”, revelou ainda Nadean Campbell.

Por Notícias ao Minuto 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.