Comandante da Esquadra Policial de Assomada afastado até conclusão do inquérito

21/10/2019 22:47 - Modificado em 21/10/2019 22:47
| Comentários fechados em Comandante da Esquadra Policial de Assomada afastado até conclusão do inquérito

A Direção Nacional da Polícia afastou de funções o comandante da esquadra de Assomada, ilha de Santiago, palco de alegada violação de uma mulher por um agente, isto enquanto decorre a investigação ordenada pelo ministro da Administração Interna.

Esta decisão consta de um despacho da Direção Nacional da Polícia Nacional de Cabo Verde, que entrou em vigor na última sexta-feira. O referido documento afirma que até à conclusão do processo de investigação em andamento, o subintendente Afonso Tavares, comandante da esquadra, fica suspenso das suas funções.

De recordar que, este caso surgiu após a denúncia pública feita por uma jovem denunciando de ter sido vítima de abuso sexual e violentada no interior da referida esquadra, após ter sido detida devido a uma alteração na via pública. Ao suposto agressor foi decretado como medida de coação a prisão preventiva, enquanto outros dois policiais são suspeitos no mesmo processo de crimes de tortura.

Na sequência dos acontecimentos o Governo, através de um despacho de 07 de Outubro, ordenou a abertura de um inquérito a concluir em 25 dias, ao funcionamento da esquadra de Assomada (Santa Catarina), espaço da ocorrência.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.