CAN 2021: Por que os Camarões estão na fase de grupos para qualificação se já estão apurados?

17/10/2019 00:44 - Modificado em 17/10/2019 00:44
| Comentários fechados em CAN 2021: Por que os Camarões estão na fase de grupos para qualificação se já estão apurados?

As duas primeiras jornadas do apuramento para o CAN 2021 estão à porta. A seleção cabo-verdiana de futebol defronta já em novembro os Camarões e Moçambique. O sorteio da CAF decidiu que o Grupo F fosse composto pelas seleções dos Camarões (país anfitrião e já apurado), Cabo Verde, Moçambique e Ruanda. Assim sendo estarão três equipas a disputar um lugar de apuramento, enquanto nos outros grupos estão quatro equipas a disputar dois lugares que dão acesso à fase final.

É precisamente o facto de os Camarões já estarem apurados e disputarem a fase de grupos que vem gerando um certo descontentamento e incompreensão no seio dos aficionados dos “Tubarões Azuis”.

Conforme o calendário da Confederação Africana de Futebol (CAF), Cabo Verde inicia a fase de qualificação para o CAN 2021, fora de portas a 13 de Novembro, em Yaoundé, frente aos Camarões, sendo que a 17 do mesmo mês receberá na Cidade da Praia a seleção do Moçambique. Este grupo F integra ainda a seleção do Ruanda.

O facto da (CAF), entidade que rege o futebol africano, ter determinado que neste grupo, qualifica-se apenas uma seleção, visto que a seleção dos Camarões já esta qualificada, levanta muita polémica no seio dos adeptos abordados pelo NN, que dizem que a CAF, com isso, poderá colocar em causa a verdade desportiva.

Esta é de resto a opinião de Joaquim Fortes, que diz não entender os trâmites do sorteio e que ficou boquiaberto quando soube que passará apenas uma seleção do grupo, e mais ainda quando teve conhecimento que os jogos dos Camarões, país organizador, também serão pontuáveis.

“Pensei que já tínhamos ultrapassado estes tipos de situações em África mas, vejo que estamos a regredir. Como é que é possível deixarem uma coisa dessas acontecer. Isto claramente poderá colocar em causa a verdade desportiva, pois os jogos dos Camarões não deveriam ser pontuáveis. A CAF tinha muitas formas de evitar tal situação mas preferiu ir pelo pior caminho” declarou.

Já José Gomes diz que esta situação ultrapassa o ridículo pois, não entende o que a CAF pretende com estas decisões, que segundo o mesmo vão afetar as contas finais do grupo. “Se partirmos do princípio que só uma seleção deste grupo qualificará para o CAN, sendo que uma já está lá (Camarões), tudo poderá ser colocado em causa, porque esta seleção não irá jogar com o mesmo entusiasmo e vontade, visto que já está apurada e as outras seleções poderão sofrer com isso” explicou o mesmo adiantando ainda que a CAF poderia ter inserido outra seleção neste grupo.

Na mesma linha que os outros entrevistados, Manuela Brito, que se diz ser uma adepta que sofre muito pela nossa seleção, não vê com bons olhos esta decisão da CAF, afirmando que não sabe o que poderá estar por detrás da decisão da entidade máxima que regula o futebol africano, e que em nada abona a verdade desportiva que se quer no desporto.

“Não dá para entender uma decisão destas. A presença da seleção dos Camarões na fase de apuramento não tem cabimento. Se, como país organizador já esta apurada, não se poderá pedir a esta seleção que dê tudo em campo e lutar pelos pontos que no final da qualificação não lhe servirão para nada. Tinha que haver maior equilíbrio como de resto acontece nos outros grupos, onde há quatro equipas que lutam por dois lugares. No nosso grupo há um lugar para três equipas o que é injusto” contestou esta adepta.

Uma situação que recorda-se já tinha sido abordada pelo selecionador nacional Rui Águas, numa entrevista concedida ao NN, no passado mês de Julho, por altura da realização do sorteio, referiu que não estava em crer que a CAF tinha tomado tal decisão com intuito de prejudicar a performance das outras seleções do grupo. “O que acho que é não faz qualquer sentido e pode prejudicar a verdade e justiça da qualificação” afirmou na altura o selecionador, frisando que o duelo com Moçambique será determinante.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.