São Vicente: Jovem desaparecido no mar de João de Évora

14/10/2019 14:49 - Modificado em 14/10/2019 14:49
| Comentários fechados em São Vicente: Jovem desaparecido no mar de João de Évora

Encontra-se desaparecido desde a tarde de ontem o jovem Hélder Alves no mar da zona de João Évora. Segundo informações banhava-se na companhia de mais dois colegas, quando desapareceu por volta das 16 horas.

De acordo com a Rádio de Cabo Verde, o alerta foi emitido por volta das 16 horas e 15 minutos, sendo de imediato accionados os bombeiros municipais e os serviços de busca e salvamento da guarda costeira mas, devido as condições do mar, as buscas foram suspensas pouco depois das 18h30, tendo sido retomadas no início da manhã de hoje.

Segundo Rozeno Rocha, Capitão-Tenente do Centro de Buscas e Salvamento, em declarações à RCV, as buscas foram intensificadas esta manhã e estão a ser realizadas por terra e mar na área envolvente, com especial incidência nas buscas subaquáticas. Avançou ainda que a equipa de mergulhadores no terreno foi reforçada com mais dois elementos.

Segundo o mesmo oficial, encontra-se no local uma equipa composta por fuzileiros que em princípio vão fazer uma busca superficial, na parte da praia, e que se está a espera de resultados com isso. Ressalta ainda que se o cenário permanecer igual, vai-se recorrer do navio patrulha Badejo, para realização de uma busca mais para as imediações do local.

Contudo este avança que a intenção é continuá-las enquanto o tempo permitir.

“É nossa intenção manter meios dentro dos limites. É claro que tem momentos que nós somos obrigados a suspender as buscas, quer por causa das condições de tempo, quer do cansaço dos operacionais mas, a intenção é manter as buscas até obter resultados”.

No entanto Rozeno Rocha questiona a insistência dos banhistas em tomar banho naquela praia, conhecendo de antemão o perigosidade das correntes nesse local.

“Será que se justifica ter banhistas naquela praia nas condições existentes? Aquela praia muito perigosa, não existe nenhuma sinalização, nenhuma placa que alerta as pessoas para não entrarem no mar, mesmo se este estiver manso a praia é perigosa. Ontem por exemplo, devido às condições do mar o tempo estava muito mal. Nós temos que repensar isso, temos que repensar a autorização de banhistas na praia de João de Évora”, termina.

As buscas por Hélder Alves, recomeçaram na manhã de hoje, tanto em terra como no mar, por volta das 10 horas. Estão também dois navios da guarda costeira e 4 mergulhadores colaborando nas buscas do jovem.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.