Académica do Mindelo apresenta plantel completamente renovado com foco em novos voos

13/10/2019 22:46 - Modificado em 13/10/2019 22:47

A “Micá” apresentou neste domingo, 13, no Estádio Municipal Adérito Sena, o seu plantel para esta época desportiva, sendo este composto por 30 jogadores. Destes, 24 são caras novas. Um plantel, conforme equipa técnica e dirigente, construído e focado na conquista dos títulos em disputa.

A Académica do Mindelo procura voltar a ribalta do futebol em São Vicente e quiçá nacional. Para isso reforçou-se com muitos elementos provenientes das regiões desportivas de Santo Antão Norte e São Nicolau e ainda jogadores que na época passada evoluiram em equipas do principal escalão de São Vicente.

Dos 24 reforços apresentados, salta à vista o nome do avançado internacional cabo-verdiano Rambé. A juntar a este, na lista de reforços, constam os nomes dos guarda-redes Landirsson, Paulo Lopes e Yuran. Já em termos de defesas a “Micá” protagonizou uma autêntica revolução com a aquisição de Cuk, Dupoff, Natcha, Wady, Yakass, Ricardo e Escova.

No meio campo a equipa apresenta-se, também, com muitas caras novas, com os nomes de Djeyson, Romário, Valdir, Valter, Djack e Zazu. Por fim, na frente de ataque constam os nomes de Cavole, Danielson, Kelton, Nicolae, Dy Maldini, Tubá e Rambé.

O clube manteve ao seu serviço o guarda-redes Bruno Brito, Wady, Burracho, Kenny e Tchukim. A equipa técnica liderada pelo português Carlos Machado é composta ainda por Pepa Ramos, Dicha e Mitú.

Uma equipa segundo o vice-presidente do clube Hermano Santos, montada com um novo figurino para três ou quatro anos de duração, o que demonstra a juventude do plantel deste ano. “Não queremos que este projecto seja apenas de um ano, mas sim de quatro ou cinco anos. É um projecto voltada para todos da Académica sem excepção” assegura o dirigente.

Para Hermano Santos, este projecto visa não só ter uma equipa competitiva como também a sustentabilidade da Académica. “São tempos novos e é difícil neste momento arrecadar meios financeiros” salientou.

Por sua vez o jogador Tchukim, que transitou do plantel da época passada, reforçou que pode-se esperar uma equipa ambiciosa e focada em vencer os títulos em discussão. “Este projecto mostra-se bastante interessante porque temos aqui muitos jovens e podem ter a certeza que a Académica está forte. Temos também um novo treinador, um profissional, que trouxe muitos e novos conhecimentos e com quem vamos aprendendo” rematou este atleta

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.