Elizandro: “Falhas defensivas ditaram o desfecho do jogo”

12/10/2019 23:44 - Modificado em 12/10/2019 23:44

Mesmo com a derrota por 2-0, frente ao Mindelense na Supertaça de São Vicente, o treinador do Falcões, no final da partida era um homem orgulhoso pelo que viu dos seus jogadores durante os 90 minutos. Contundo o treinador aponta falhas defensivas que ditaram o desfecho do jogo.

Após perder o seu segundo título consecutivo para o Mindelense, depois da Taça de São Vicente, Elizandro “Lizy” Mendes, treinador do Falcões do Norte, confessou que a sua equipa falhou no último reduto o que facilitou a vitória do Mindelense.

“O Mindelense teve muita posse de bola. Sofremos um golo idêntico àquele que sofremos na final da Taça de São Vicente, fruto de um erro nosso. Isso fez com que a equipa balanceasse um pouco. Na segunda parte, entramos com outra disposição. Corremos e lutamos muito. Queríamos vencer, mas perdemos e agora é levantar a cabeça” afirmou o técnico da equipa de Chã de Alecrim.

Entretanto, o treinador não poupa em elogios ao esforço feito pelos seus atletas no decorrer do jogo, regozijando-se com as suas prestações. “Fizeram um grande jogo. Perdemos muitos jogadores e mesmo durante a semana perdi jogadores que estavam no plano para este jogo. Mas estou orgulhoso, porque quem está aqui mostrou que em qualquer posição que forem chamados a ocupar estão disponíveis” frisou o técnico que devolveu a equipa de Chã de Alecrim a 1ª divisão do futebol sanvicentino.

“Não concordo quando dizem que o nosso objectivo é a manutenção. Queremos mais. É nossa intenção colocar a equipa, ao longo do campeonato, longe dos lugares que levam à despromoção. Quero a ambição dos meus jogadores, para que em cada jogo venhamos lutar pelos três pontos” concluiu o treinador que faz a sua estreia no principal escalão de São Vicente.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.