Olavo Correia: “Governo não tem poder para baixar o preço das passagens aéreas”

11/10/2019 21:49 - Modificado em 11/10/2019 21:49
| Comentários fechados em Olavo Correia: “Governo não tem poder para baixar o preço das passagens aéreas”

O vice-primeiro ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, afirmou, nesta sexta-feira, que o Governo não tem poder para impor uma redução de preço das passagens aéreas entre Portugal e Cabo Verde.

No âmbito das críticas que Têm sido feitas ao Governo de Cabo Verde sobre os preços das passagens aéreas, o governante afirmou que se a companhia aérea portuguesa TAP, baixar os seus preços e ficar mais barato, vai ser uma questão de mercado e de competitividade.

“O país é pequeno, temos pouca massa crítica, e o sector é custoso à escala global” frisou, Olavo Correia, aquando da sua intervenção na Conferência Organizada pela Agência Lusa, na Cidade da Praia.

Conforme o Vice-primeiro Ministro, está na agenda do Governo garantir qualidade de serviço a um bom preço e que estão a trabalhar para que isso aconteça, mas aponta que estamos num contexto em que o mercado interno é servido por empresas privadas.

“Podemos intervir mas é o mercado que define os preços e não temos poder para impor, só temos poder para condicionar e influenciar, para tentar uma redução efectiva, porque passamos a gestão para empresas privadas e por isso o quadro mudou” garante o governante.

Entretanto, salientou que quanto o serviço era prestado por empresas públicas, o Governo dava instruções para descerem o preço e os cidadãos pagavam menos, mas os impostos subiam, mas agora é um serviço prestado por privados e o panorama mudou.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.