Augusto Neves: “Numa ilha em crescimento nem tudo poderá ser feito de uma só vez”

10/10/2019 14:08 - Modificado em 10/10/2019 14:09
| Comentários fechados em Augusto Neves: “Numa ilha em crescimento nem tudo poderá ser feito de uma só vez”

O edil mindelense, Augusto Neves, durante 5ª sessão da Assembleia Municipal, a última deste ano civil, que esclarecia e respondia às bancadas parlamentares, afirmou que a equipa camarária está ciente de que ainda há muito a ser feito para melhorar a vida dos sanvicentinos, mas que estão empenhados em solucionar os problemas para oferecer aos mindelenses melhores condições de vida.

Durante a sua intervenção, o edil começou por falar da situação dos bombeiros da ilha, uma preocupação levantada pela UCID, afirmando que neste momento a corporação está servida com 23 bombeiros e 13 voluntários. Nisto, avançou que muitos destes têm desempenhado outras funções, que não às da sua responsabilidade, o que tem condicionado o desempenho da corporação. “Não temos falta de equipamentos. Temos tido muitas reivindicações e menos trabalho” vincou o edil.

Sobre o edifício da ex-Conservatória de Registos, futura Assembleia Municipal de São Vicente, Augusto Neves, salientou que a perspectiva é de inaugurar o espaço a 22 de Janeiro, dia do Município de São Vicente. “Queremos um novo município por isso trabalhamos afincadamente”.

Numa ilha que assegurou estar em crescimento e que nem tudo poderá ser feito de uma só vez, reiterou ainda que neste momento a edilidade tem aberto 16 frentes de trabalho em termos de calcetamento em toda a ilha, por exemplo em São Pedro e Salamansa. Apontou ainda  um projeto estruturante para o Calhau, que será contemplada como a Zona Especial da Economia Marítima. 

Entre outras questões levantadas pelos eleitos municipais está o Piquenique da Praça Nova, a qual o edil avançou que quando estiver pronta estará a altura dos sanvincentinos. Neves, afirmou ainda que toda a Praça Nova vai ser requalificada e será inaugurada juntamente com o Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD). “Falta muito por fazer. Mas a nossa população é lutadora” adiantou.

Já em projetos fulcrais para o desenvolvimento da ilha, Augusto Neves, falou do Terminal dos Cruzeiros, assegurando que está previsto o arranque das obras para o início do próximo ano. Também realçou que no próximo mês os trabalhos do Hotel Sheraton vão arrancar, o que representa muitos ganhos para a ilha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.