Polícia nigeriana desmonta “fábrica de bebés” e liberta 19 jovens

1/10/2019 01:48 - Modificado em 1/10/2019 01:48

A polícia nigeriana anunciou hoje a libertação 19 mulheres jovens que tinham sido sequestradas por uma rede com o propósito de engravidarem e depois venderem os bebés.

O porta-voz da polícia de Lagos, Bala Elkana, disse que as vítimas e quatro bebés foram resgatados de quatro locais na área de Ikotun, em Lagos.

As vítimas, que descreviam o local como “uma fábrica de bebés”, referiram que foram levadas para Lagos com a promessa de conseguir emprego como empregadas domésticas.

A maioria das mulheres estava no local “com o propósito de engravidarem para que os bebés fossem depois vendidos”, disseram as autoridades.

Bala Elkana declarou ainda que dois suspeitos foram presos e que foi desencadeada uma operação de busca para deter o principal suspeito.

O porta-voz da polícia adiantou que o preço de um bebé pode variar entre os 700 e os 1.200 euros.

Por Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.